Dr. Dre e Nicole Young
Foto de Nicole Young e Dr. Dre via Shutterstock
 

Mais um processo para a conta de Dr. Dre.

Não bastassem os inúmeros casos polêmicos encarados pelo rapper e produtor nos últimos anos, a ex-companheira do artista, Nicole Young, com quem ele foi casado por 24 anos, agora o acusa de agressão física.

De acordo com o The Blast (via Hot New Hip Hop), Dr. Dre nocauteou Nicole durante um acesso de fúria regado a álcool em 1999. Por meio de documentos legais, Nicole, que pediu o divórcio recentemente, relatou o ocorrido:

Andre [Dr. Dre] achou que eu o desrespeitei em uma festa. Ele me puxou de lado e deu um soco no meu rosto, me nocauteando e me deixando inconsciente. Eu acordei no banco do passageiro do nosso carro, sem o cinto de segurança preso à minha cintura e com o Andre dirigindo em alta velocidade por uma autoestrada. Ele estava bêbado e fora de controle. Ele estava ziguezagueando pela pista enquanto gritava comigo. Eu estava morrendo de medo dele bater o carro.

Ele jogou minha agenda pela janela do veículo, e ela tinha fotos dos nossos filhos pequenos. Eu implorava o tempo inteiro para ele parar ou pelo menos diminuir a velocidade. Pensei que fosse morrer no carro naquela noite.

Nicole Young também detalhou outros acontecimentos similares ocorridos entre 1995 e 2012. Ela, inclusive, afirma ter recebido ameaças de morte e por isso solicitou na Justiça uma medida protetiva que impede que Dr. Dre se aproxime dela a menos de 100 metros.

Resposta de Dr. Dre

Em uma declaração a respeito das acusações, Dre respondeu: “Eu nunca bati, ataquei, persegui, molestei, agredi, ameacei ou abusei de Nicole de maneira alguma, em tempo algum. Nunca segui ou mandei alguém atrás dela. A polícia nunca foi chamada até a minha casa durante nosso casamento. Nunca houve uma situação de violência doméstica, formal ou informal. Não existe nenhuma prova disso”.

É, parece que o casamento “feliz” estampado na mídia não era tão perfeito assim.

 
 
Compartilhar