Armie Hammer
Foto via Wikimedia Commons
 

Armie Hammer está envolvido em mais um escândalo sexual.

O ator de Me Chame Pelo Seu Nome (2017) está sendo investigado pela polícia de Los Angeles (EUA) por conta de uma acusação de estupro. A notícia vem dois meses após denúncias do envolvimento de Hammer com drogas e canibalismo.

A denunciante, uma mulher chamada Effie, alega que Armie a estuprou por mais de quatro horas, bateu sua cabeça na parede e cometeu outras agressões. O crime teria acontecido no dia 24 de abril de 2017, em Los Angeles.

Segundo Effie, ela conheceu o ator pelo Facebook em 2016, aos 20 anos, onde começou um relacionamento violento e abusivo com Armie. A advogada da mulher entregou provas à polícia, de acordo com tabloides internacionais.

Ao TMZ (via G1), os advogados de Armie Hammer negam as acusações e alegam ainda que, em julho de 2020, a mulher enviava mensagens sexuais ao ator. O comunicado continua:

Nunca foi a intenção do Sr. Hammer de intencionalmente envergonhar ou expor os fetiches ou desejos sexuais pervertidos (de Effie), mas ela escalou a questão para outro nível ao contratar uma advogada civil para comandar uma conferência de imprensa pública. Com a verdade do seu lado, o Sr. Hammer agradece a oportunidade de esclarecer os fatos.

Vixe…

 
 
Compartilhar