Elliot Page
Foto por Wynne Neilly (via Reprodução/Instagram)
   

Foi no início de Dezembro de 2020 que Elliot Page anunciou seu processo de transgeneridade, adotando este nome social e deixando para trás Ellen Page, como era conhecido.

Agora, em entrevista à revista Time, o ator revelou que, naquela época, já havia feito a cirurgia de remoção de seios e se recuperava do procedimento em Toronto, no Canadá.

Ele reforça que, para a comunidade trans, a cirurgia é o ponto mais importante. É quando finalmente a legitimação de seus corpos acontece, aquilo que torna possível se reconhecer diante do espelho.

Para Elliot, é a libertação que o astro tanto esperava desde a puberdade, etapa descrita por ele como “inferno total”.

“Tem transformado completamente minha vida”, conta Page, que vinha amadurecendo seu processo identitário desde 2014 (quando se assumiu gay) até o ano passado, ao se declarar transgênero.

Elliot Page e preconceito

A publicação destaca ainda a importância de dois termos inerentes à discussão: visibilidade e aceitação. Embora a temática esteja cada vez mais visível para a sociedade em geral, a violência e discriminação que as pessoas transgênero sofrem seguem com altos índices.

Na entrevista, Elliot também contou que, aos 9 anos, lhe foi permitido pela primeira vez deixar seu cabelo curto, e naquele momento ele percebeu que não estava confortável com seu próprio corpo.

“Eu me senti como um menino. Eu queria ser um. Eu teria perguntado minha mãe se eu poderia ser um garoto um dia,” revela Page, que cresceu em Halifax, Nova Escócia.