Fuze
Crédito: divulgação
 

A banda carioca Fuze divulgou nas plataformas de streaming o clipe feito para a canção “Quem Me Dera”.

Gravado na Bahia, o vídeo teve imagens registradas por Gabrielle Alves e mostra o quarteto na praia, desfrutando de toda a positividade de momentos solares.

A faixa traz na letra metáforas sobre a vivência em meio à natureza e o amor.

“Achamos importante tentar falar dos nossos sentimentos da maneira mais leve possível e ressaltar as coisas simples da vida, especialmente nesse momento que estamos vivendo. É nisso que acreditamos e é isso que queremos passar. Tem muita coisa boa vindo por aí”, comunica o quarteto formado pelos irmãos Pedro e Diogo Novaes junto com seu primo, Felipe, além de Guilherme Fonseca.

Pedro é filho da atriz Letícia Spiller e do ator Marcelo Novaes, e fez parte da mais recente temporada de Malhação, exibida até o início da pandemia da Covid-19. Diogo é seu meio irmão por parte de pai.

Anteriormente, eles bateram mais de 1 milhão de visualizações no YouTube com a música “Sonho”.

 

LOVNIS

LOVNIS
foto: Cristopher Gegembauer

O duo LOVNIS, formado pelo casal Murilo Sá e Amanda Longo, divulgou nas plataformas digitais o vídeo do single “Filme de Terror“.

Os dois são criadores e criaturas de um curta inspirado no cinema mudo e no terror trash, trazendo uma narrativa vampiresca ficcional.

A dupla, que desde o início da pandemia segue isolada criando músicas e produzindo vídeos por conta própria, estreou no ano passado com a canção “2020”.

Eles devem lançar um álbum completo no início do ano que vem.

Killa Bi

Killa Bi
foto: divulgação

A rapper Killa Bi divulgou recentemente o clipe da faixa “Dezenove e Pele Preta”.

O vídeo foi dirigido por Murilo Marroco e mostra a artista ao lado do beatmaker Rodrigo Tuchê em diferentes cenários urbanos, transitando por espaços que reforçam a cultura do grafite e da periferia.

“Essa música é sobre algumas das vivências da minha mãe que ficam em minhas lembranças. São imagens que transformei em palavras, e com elas enalteço tudo que ela fez, pois isso me fez ser Killa Bi. Toda minha força herdei dessa rainha, que aos dezenove anos me deu a luz,” conta ela, que se inspirou nas vivências da matriarca como mulher preta e mãe solo aos 19 anos.

Anteriormente, Killa Bi havia divulgado o clipe de “Meu Tempo Não Dá”, outro single de sua série de lançamentos na quarentena.

Elephantus

Elephantus
foto: divulgação

O duo catarinense Elephantus, formado por Marcelo Maus (guitarra, vocal) e Andrei Mamede (bateria), divulgou o clipe da música “No Rastro da Serpente”.

O áudio e o vídeo foram retirados de um pocket-show que a dupla realizou no Punktoberfest, em edição virtual e transmitida pelo YouTube por causa da pandemia.

O clipe mistura o registro ao vivo com imagens da flora brasileira que sofre com a exploração e devastação, principalmente nos últimos dois anos diante da terrível gestão do Presidente da República, Jair Bolsonaro.

A canção é uma das quatro faixas que integram o EP homônimo de estreia da Elephantus, lançado no ano passado. As principais influências do duo passam por Black Sabbath, Sepultura, Om, Zé Ramalho, Muñoz e Cassandra.

Chuck Hipólitho

Chuck Hipolitho
foto: Rafael Kent

Chuck Hipólitho lançou recentemente nas plataformas digitais o álbum Mais ou Menos Bem, através da gravadora Deck.

O disco apresenta 11 faixas e sucede o versão do artista feita para “Disincaine”, do R.I.P. Monsters.

“É uma música que me marcou pela sonoridade meio ska, por sua letra anacrônica e por ser bem característica dessa época,” comenta Chuck, que gravou um vídeo para o cover.