Tanner Buchanan em Cobra Kai
 

Tanner Buchanan é mais conhecido por seu papel de Robby Keene (filho de Johnny Lawrence) no seriado Cobra Kai, um dos maiores sucessos recentes aqui no Brasil.

Ao lado disso, entretanto, o ator de 22 anos também cultiva uma paixão grande pelo Heavy Metal e chegou até a ter uma banda do gênero chamada Acidosis, tocando guitarra e fazendo diversas covers de canções do gênero mais extremo da música.

Ele falou sobre esse lado de sua vida em uma nova entrevista com a At Large:

Nós tocávamos várias covers do Gojira, algo com o que eu fico super empolgado porque [a equipe de] ‘Cobra Kai’ postou as playlists da série no Instagram. Agora, minha banda preferida de todos os tempos é o Pantera. Mas a minha segunda de todos os tempos é o Gojira, uma banda de Metal Progressivo francesa. Eles acabaram me seguindo no Instagram e eu tive um momento de ficar maluco. Eu os ouço desde que eu tinha 12 anos.

[O Acidosis] tocava todas as músicas deles. E eles me seguiram no Instagram. Eu tive essa experiência de sair do corpo, tipo, ‘O Gojira, eles sabem quem eu sou. Eles sabem que eu sou! Isso é a minha infância aqui’.

Questionado sobre outros rockstars que gostaria de conhecer através de seu sucesso nas telas, Buchanan citou alguns nomes mais famosos para o público em geral:

Eu só quero ser o melhor amigo do Dave Grohl porque ele é um cara tão incrível. Mesma coisa com o Corey Taylor, do Slipknot. Ele é outro cara que eu super ficaria maluco se eu tivesse a chance de encontrar.

A configuração do Slipknot é muito interessante. Ele ir do Stone Sour para o Slipknot, é definitivamente uma mudança brusca. Uma banda de quatro ou cinco para uma banda de, sei lá, nove ou dez [pessoas]? E todos usando máscaras. Você fica tipo, ‘O que está acontecendo?’ Mas eu curto a música. Eu só gosto muito do Corey Taylor. O Corey Taylor é o cara.

O entrevistador ainda apontou para o fato do Slipknot ter um “percussionista especializado em bater em um barril com um taco de beisebol”, e o ator brincou:

Sim. Ah, Deus, eu amo tanto o Metal. Isso é provavelmente o motivo pelo qual nossa banda nunca chegou em nenhum lugar. A gente não tinha um cara para bater com taco de beisebol em um barril.

Bom, agora você já tem os treinamentos em artes marciais, Tanner!

 
Compartilhar