Jehnny Beth lança clipe para a faixa
Reprodução / YouTube
 

A icônica Suzi Quatro disponibilizou “The Devil In Me”, a faixa-título do seu próximo álbum que será lançado no dia 26 de Março.

O disco em parceria com seu filho Richard Tuckey foi produzido durante o “tempo livre” e inspirado pelas coisas que estavam acontecendo no mundo durante o ano passado, segundo a artista informou em um comunicado (via Loudersound).

Eu já sabia que Richard e eu formamos uma equipe brilhante, afinal No Control (2019) tinha sido um grande sucesso e uma gravação muito especial para nós.

Embora eu nunca tivesse pensado que seríamos capazes de superá-lo. Mas todos que ouviram The Devil In Me e todas as pessoas que trabalharam no álbum anterior nos disseram: ‘Este álbum é ainda mais forte!’.

Assista ao clipe abaixo.

Wild Pink

Quem também lançou um novo vídeo foi John Ross com sua banda Wild Pink para a faixa “Pacific City”.

O single integra o mais novo álbum do projeto, A Billion Little Lights, lançado em Fevereiro. Segundo Ross, a faixa tem uma estrutura convencional e fala sobre o passar do tempo e a mudanças das pessoas.

Confira o clipe encantador abaixo.

Dirty O’Keeffe

O supergrupo Dirty O’Keeffe disponibilizou um vídeo para o seu primeiro single “Brick or Bullet”.

Durante a pandemia do coronavírus Billy Gould, baixista do Faith No More se juntou com Christian Martucci do Stone Sour (guitarra, vocais), Dave Raun do Lagwagon (bateria) e Steve Shepard do Trash N’ Privilege (guitarra) para formar a nova banda.

O clipe da faixa que conta com riffs pesados foi gravado separadamente por cada integrante em sua casa ou em seu estúdio.

Assista ao vídeo abaixo!

Violent Soho

A banda australiana Violent Soho lançou um clipe para a faixa “Canada”, com animações criadas por Doug Bayne e Trudy Cooper.

A música integra o quinto álbum do grupo, Everything Is A-OK, lançando em Abril do ano passado.

Confira o divertido vídeo abaixo.

Jehnny Beth

A sempre ótima Jehnny Beth lançou um vídeo melancólico e minimalista para o single “French Countryside” do seu primeiro álbum solo To Love Is To Live.

A música foi escrita em parceria com Romy Madley Croft do The XX e com o cocriador e diretor de vídeo Johnny Hostile. A vocalista do Savages explicou que escreveu a canção durante uma viagem de avião porque estava convencida de que ele iria cair (via Loudersound).

Eu estava fazendo promessas a mim mesma sobre o que faria de diferente se sobrevivesse. A morte esteve muito presente em minha mente durante o processo de composição deste álbum. Tudo começou em torno da morte de Bowie.

Beth ainda disse que a faixa quase não foi escolhida para o disco, mas ao mesmo tempo ela quis escrever uma “música que parecia mais vulnerável do que qualquer coisa” que ela já havia escrito antes.

No ano passado o TMDQA! conversou com a cantora para saber mais sobre o seu excelente trabalho de estreia, leia aqui e confira o novo clipe abaixo.