João Dória Decreto atividades religiosas
Reprodução/Twitter
   

A notícia de que João Dória assinou um decreto que torna essenciais todas as atividades religiosas em São Paulo deu o que falar nesta segunda-feira (1).

Em seu Twitter, o governador do Estado divulgou um vídeo onde mostra o decreto assinado, ao lado de representantes religiosos que, ao final, aplaudem a decisão. Na mesma rede social, porém, a reação não foi tão calorosa.

Músicos como Lucas Silveira (Fresno) e Badauí (CPM 22) criticaram o feito. Isso porque, como todos bem sabemos, o setor que mais tem sofrido por conta da pandemia da COVID-19 é o de shows.

O vocalista do CPM 22 chamou Dória de “hipócrita e demagogo”, e ainda falou sobre a situação de seu bar, o Cão Véio.

E meu bar tomando no c* pra pagar as contas, sendo que [estamos] trabalhando com 40% da capacidade da casa e respeitando a distância, mas temos que fechar às 20h. Sem falar nos shows.

Já Lucas fez piada com a situação, dizendo que o Lollapalooza Brasil pode ainda acontecer neste ano caso um show de Kanye West seja confirmado. Para quem não lembra, o rapper lançou um disco gospel nos últimos anos, e embarcou nessa vertente da música com força antes de se candidatar à presidência dos Estados Unidos.

É… complicado mesmo.

   
 
Compartilhar