1993agosto
Foto: reprodução / Instagram
 

O fotógrafo, modelo, diretor de arte e produtor musical Carlos Marcelo Rangel de Moraes, conhecido como 1993agosto, faleceu nesta quarta-feira (24 de Fevereiro), aos 27 anos de idade.

De acordo com o G1, o Instituto Geral de Perícias (IGP) informou nesta quarta (24) que o corpo encontrado na madrugada de terça-feira (23) na Praia do Matadeiro, em Florianópolis, era dele.

Marcelo desapareceu em outra praia da capital catarinense, a Armação, na tarde de sábado (21) após ser arrastado pela correnteza. A morte foi confirmada por um primo e um amigo do artista.

Moraes ganhou destaque após seus inúmeros trabalhos com nomes do rap nacional, que na manhã de hoje prestaram homenagens ao artista.

Músicos como Matuê, Doncesão, BK, Luccas Carlos, Jup do Bairro e mais lamentaram a morte de 1993agosto em suas redes sociais.

Continua após as imagens

Artistas lamentam a morte do fotógrafo 1993agosto
Reprodução / Instagram
Artistas lamentam a morte do fotógrafo 1993agosto
Reprodução / Instagram
Artistas lamentam a morte do fotógrafo 1993agosto
Reprodução / Instagram
Artistas lamentam a morte do fotógrafo 1993agosto
Reprodução / Instagram
Artistas lamentam a morte do fotógrafo 1993agosto
Reprodução / Instagram

1993agosto

Marcelo Moraes nasceu em Beldford Roxo, município do Rio de Janeiro e depois se mudou para São Paulo (via Glamour).

Entre os artistas com os quais já trabalhou, Moraes produziu a capa do disco O Menino Que Queria Ser Deus, trabalho de sucesso do rapper Djonga lançado em 2018.

Tornando-se referência em seu meio, o cara realizou trabalhos fotográficos com nomes famosos como Anitta, Pharrell Williams, Luciano Huck e muitos outros que você pode conferir logo abaixo. Moraes também fez registros marcantes para campanhas de moda e publicitárias.

Em 2019, Marcelo começou a apostar nas Artes Plásticas a partir do seu projeto de esculturas: Suicide Show Bob, um chamado para reflexão sobre saúde mental. Segundo uma matéria do Monkey Buzz, a ação tinha como intuito vender os bonecos de resina sem rosto, que ficam sentados em superfícies olhando para baixo, criados por Moraes e uma porcentagem do valor da peça seria doado para o Centro de Valorização à Vida (CVV).

Além disso, 1993agosto revelou no ano passado que estava escrevendo um livro, intitulado Antes de Deus. Na obra, o artista iria falar sobre seus trabalhos, mudanças conexões e busca por independência.

Marcelo era um rapaz de muitos talentos e o perdemos muito cedo.

Descanse em paz, 1993agosto.

 
 
Compartilhar