John Dolmayan e Alexandria Ocasio-Cortez
Fotos via Shutterstock e Wikimedia Commons
 

John Dolmayan, baterista do System of a Down e conservador fervoroso, voltou a atacar os Democratas dos EUA.

Em uma nova fala no podcast Uncle Dad Talks (via NME), ele criticou a “cultura do cancelamento”, se disse “desapontado” com vários dos “liberais” (que, aqui no Brasil, seria o equivalente dos progressistas) e chamou a deputada Alexandria Ocasio-Cortez, forte representante do interesse de muitos dos jovens que apoiam o partido Democrata, de “imbecil”:

Eu preciso te dizer, estou realmente desapontado com muitas pessoas, muitos liberais — porque eu tenho muitos amigos liberais. A maioria dos meus amigos é liberal. Eu sou um conservador, como algumas pessoas podem ou não saber. Mas no fim do dia, eu mudo minha opinião das coisas baseado em informações. Então se eu recebo novas informações, eu reavalio, eu olho para as coisas, e eu tomo uma decisão com base nisso.

O que está acontecendo agora com essa merda de cultura do cancelamento é realmente destrutivo, e sempre acaba sendo um tiro no pé das pessoas que estão instituindo isso. E nós temos que ser muito cuidadosos porque nos anos 50, nós tivemos algo chamado de McCartismo onde as pessoas que eram hiper-liberais e várias das pessoas que eram consideradas comunistas perderam suas vidas inteiras — aquela geração inteira de grandes artistas e escritores que foi simplesmente condenada ao ostracismo. E nós precisamos ter cuidado porque se nós permitimos que isso aconteça de qualquer forma, pode sempre voltar do outro lado.

Eu vou te dizer, essa geração é bastante liberal, mas a próxima pode ser mais conservadora e daí em diante. Isso tende a se inverter. E especialmente agora com as redes sociais e todas essas merdas, as pessoas olham pra trás e checam as coisas e elas ficam, tipo, ‘Nossa, sério? É assim que você se sentia?’ E você é julgado por isso pelo resto da sua vida.

[…]

Eu sou um conservador. Eu quero o que é melhor para todos, mas eu quero que todo mundo tenha a liberdade de fazer essas coisas. Eu não gosto de um governo grande. Eu não gosto da agenda de várias das plataformas Democratas hoje em dia. Eu acho que a AOC [Alexandria Ocasio-Cortez] é uma imbecil. Eu só preciso dizer isso aqui; eu gosto de dizer isso em todas as conversas.

Olha, no fim do dia, eu só quero que todo mundo tenha oportunidades iguais para que sejam bem-sucedidos em qualquer sucesso que seja. E eu quero que as pessoas sejam motivadas por fazer a coisa certa na vida, não recompensadas por fazer a coisa errada. Então essa é a minha filosofia.

Vale lembrar que AOC, aos 31 anos de idade, já é conhecida como uma das representantes do povo que mais contribui para mudanças consideradas fundamentais pelos progressistas, incluindo políticas climáticas mais favoráveis ao meio ambiente e até a arrecadação de 1 milhão de dólares contra a COVID-19 por meio de lives.

LEIA TAMBÉM: John Dolmayan (SOAD) defende Gina Carano após demissão da atriz de Star Wars