Bruno Mars
 

Uma situação pra lá de bizarra aconteceu recentemente no Texas envolvendo (não diretamente) o cantor Bruno Mars.

Conforme conta a Complex, um rapaz chamado Chinwendu Azuonwu foi convocado para aparecer em um tribunal nos próximos dias por um caso de lavagem de dinheiro, obtido a partir de um golpe dado em uma mulher de 63 anos de idade.

A senhora foi vítima de uma prática cada vez mais comum com idosos nas redes sociais: Azuonwu identificou o perfil da mulher que estava procurando por um relacionamento e resolveu se passar pelo cantor dono de diversos hits do Pop, agindo como se estivesse interessado em algo sério com ela.

Claramente, o cara não era o próprio Mars — mas isso não impediu a idosa de se apaixonar pelo golpista, que passou a acreditar na história ao receber fotos do artista em turnê com outros músicos.

Eventualmente, Azuonwu pediu a ela um cheque de 10 mil dólares (mais de 50 mil reais) para cobrir “despesas de turnê” de um “amigo da banda”; dois dias depois, foi feito um pedido para mais 90 mil dólares — totalizando mais de 500 mil reais. Essa pessoa, Basil Amadi, foi quem recebeu parte do valor e está sendo tratado como cúmplice no caso.

Azuonwu não revelou de onde veio o dinheiro, mas a polícia acredita que os dois fazem parte de um esquema maior e internacional. Ambos serão julgados no futuro próximo e esperamos que a justiça seja feita!

LEIA TAMBÉM: Mulher acredita cegamente que está noiva de Rockstar e vai parar em programa de TV

   
Compartilhar