Dave Grohl, do Foo Fighters
Foto: Reprodução/YouTube
   

Há algum tempo, o Foo Fighters avisou que tinha lidado com “assombrações” durante o período de gravações de Medicine at Midnight.

Foi em Março do ano passado que Dave Grohl admitiu ter visto guitarras desafinadas, configurações diferentes na mesa de som e até novas faixas gravadas no computador que ninguém sabia como tinham ido parar por lá.

Na época, ele disse que assinou um acordo de não divulgação com o proprietário do local (em Encino, na Califórnia) e não poderia falar o que aconteceu lá no passado, mas garantiu que tudo isso fez com que a banda acabasse as sessões o mais rápido possível.

Agora, tanto tempo depois e com o disco já lançado para o mundo, o baixista Nate Mendel teve uma conversa exclusiva com o TMDQA! e você pode ver o que ele disse sobre esse assunto no vídeo ao final da matéria ou clicando aqui!

Foo Fighters — Artista do Mês no TMDQA!

O Foo Fighters é o Artista do Mês de Fevereiro no TMDQA! e o nosso editor-chefe, Tony Aiex, bateu um papo exclusivo com Nate, baixista e membro mais antigo dos Foos após, é claro, seu fundador Dave Grohl.

Na conversa, além de explicar essa questão das assombrações, o músico revelou que tem mais discos que amigos, brincou com o nome do site, falou sobre as origens de Medicine at Midnighto “engarrafamento” da COVID-19 e novos ares após a eleição de Joe Biden.

Você pode ver mais sobre isso por aqui e nós já vamos dar a dica: siga o @tmdqa no Instagram para ficar ligado sobre quando você poderá concorrer a um belíssimo pôster em versão impressa, numerado à mão, com foto exclusiva para o TMDQA! no Brasil!

Inscreva-se também no nosso canal do YouTube para assistir aos vídeos da entrevista à medida que os publicarmos nos próximos dias!

 
Compartilhar