Karol Conka no Circo Voador
Foto: Lilo Oliveira
 

A novela das atitudes de Karol Conká no BBB 21 não para de render capítulos polêmicos.

Depois de ser criticada em massa pelo público e até por colegas artistas, chegou a hora da ex-empresária de Conká contar seu lado de moeda. Para tristeza dos que ainda são fãs da cantora, as notícias não são boas.

Drica Lara, que trabalhou com Karol por mais de cinco anos, afirmou em um desabafo na internet (via Fórum) que quem a conhece de verdade, sabe que a artista sempre foi assim no dia-a-dia.

O texto diz:

Hoje acordei com um número significativo de pessoas entrando em contato! Somente por isso vou escrever sobre! Entendo totalmente o público em choque! Não entendo a ‘surpresa’ de quem era/é próximo! Como assim não imaginava, não sabia? Sabia, sim!

Ela continua, contando ainda que foi perseguida após romper seu contrato com Conká em 2018:

Estou verdadeiramente dispensando texto de alívio de consciência sobre o ser! Se não esteve comigo ou não acreditou lá atrás, não faz sentido vir retomar agora. E já que resolvi falar, lá vai, e a quem não gostar, a porta da rua é serventia da casa: o ‘talento’, o gênero ou a cor não justifica o mau caráter.

Foram anos de perseguição, nesse tom que vocês estão vendo! Fui aniquilada profissionalmente, difamada e chamada em rede nacional de incompetente e racista! Pensa, na minha área, música, no gênero Rap, a maior representante falando para todos as histórias distorcidas que ela mesma criava.

Passou! Sobrevivi a uma depressão que me tomou um ano. Me reergui com apoio do meu marido, família e poucos amigos que sobraram à devastação! No Rap, quem me salvou foram três mulheres que são grandes amigas até hoje: Flora Matos, Carla Arakaki e Deborah.

Karol Conká no BBB 21

Lara continua, abordando agora diretamente o comportamento da cantora no reality show da TV Globo:

Imaginei que um dia isso poderia acontecer. Muito mesmo! Mas para a minha surpresa, não está sendo prazeroso, não estou de alma lavada, e só resgatou alguns sentimentos que eu não sentia há muito tempo. Então se você não trocou palavras comigo há mais de três anos, não vem de texto para sua consciência ficar mais tranquila, ok?

Recapitulando, Karol tem sido duramente criticada pela forma como tem se posicionado e tratado seus colegas de confinamento. Após uma briga com o rapper e ativista Lucas Penteado, Conká chegou a expulsá-lo da mesa para que pudesse “comer em paz”. Depois, o chamou de “merda” e ainda referenciou a si mesma ao dizer: “Respeita a mamacita”.

Na última noite de terça-feira (2), a artista também entrou em conflito com a advogada Juliette, pedindo para que ela não a dirija mais a palavra.

Eu hein…

LEIA TAMBÉM: Dono de uma programação incrível, Festival Rec-Beat suspende show de Karol Conká

 
Compartilhar