Tony Bennett em 2012
Foto de Tony Bennett via Shutterstock
 

Tony Bennett é um dos mais importantes nomes da música norte-americana.

Com sucessos como a sua versão para “I Left My Heart In San Francisco”, o cara iniciou a carreira musical após lutar pelo Exército dos EUA na Segunda Guerra Mundial e se tornou uma verdadeira lenda.

Em uma nova matéria, a família do aclamado cantor revelou que ele foi diagnosticado com Alzheimer, doença neurodegenerativa que afeta principalmente a memória, em 2016.

Apesar de lúcido na maior parte do tempo, Tony Bennett estaria enfrentando as dificuldades da doença, como explicou sua esposa Susan ao falar a respeito do assunto.

Segundo ela, o artista reconhece seus familiares mas frequentemente não sabe onde está ou não percebe coisas que estão acontecendo ao seu redor:

Ele me perguntou, ‘O que é Alzheimer?’ e eu expliquei, mas ele não entendeu. Ele me falava, ‘Susan, eu estou me sentindo bem.’ E isso é tudo que ele consegue processar – que fisicamente ele se sente muito bem. Então nada mudou em sua vida. Em relação às coisas que realmente mudaram, ele não percebeu.

Tony Bennett e a doença de Alzheimer

Quem também falou a respeito foi Gayatri Devi, o neurologista que diagnosticou a doença em 2016:

Ele tem algumas questões cognitivas, mas várias outras áreas do seu cérebro ainda estão resistindo e funcionam bem.

Ele faz muitas coisas, aos 94 anos de idade, que muitas pessoas sem demência não conseguem fazer. Ele realmente é o símbolo de esperança para alguém com uma disfunção cognitiva.

Força, mestre!

   
Compartilhar