joao-perraka-e-os-alambiques
Foto por Dix Tavares.

Depois do excelente álbum de estreia Corote Sonoro (2018) e do single “Difícil” (2020), a galera do João Perreka e os Alambiques está de volta com “Ideologia Cibernética“. A faixa, que chegou acompanhada de um videoclipe, aborda os males das fake news enquanto retrata a atual conjuntura social do Brasil.

Com direção e roteiro de Pamela Regina, as filmagens da produção audiovisual ocorreram pelos arredores de Guarulhos/SP, durante o primeiro turno das eleições municipais de 2020. Na ocasião, o próprio tecladista do grupo, Dix Tavares, captou as imagens. Já a edição foi realizada por André Bizorão.

O vocalista João Perreka frisa que o intuito da música se dá pela valorização do voto:

Entendo que é importante refletir e ter responsabilidade social ao votar. Escrevi essa música após o Bolsonaro vencer as eleições de 2018 na base do ódio e da desinformação. E hoje, a consequência está no desgoverno, que transborda sanções no nosso próprio dia a dia.

Ainda de acordo com o cantor, a ideia da banda é de passar essa e outras mensagens através da brasilidade da música do norte e do nordeste do país. Entre as influências, o músico aponta “a malemolência de nomes como Felipe e Manoel Cordeiro, Academia da Berlinda e Samuca e a Selva“.

Além de João e Dix, os Alambiques conta ainda com Will Carbônica (guitarra), Vini Carbônica (baixo), Cristiane Araújo (percussão) e Thiago Resta (bateria). As sessões de gravação foram realizadas no Natural Estúdio, em Guarulhos (SP). A banda também contou com o suporte do percussionista Ivan Batucada, e a mixagem e a masterização ficaram a cargo de Felipe Saraiva. O lançamento acontece pelo Selo Clam.

A seguir, assista ao clipe de “Ideologia Cibernética”.

Thera Blue

thera-blue-gaby-da-pele-preta
Foto: Reprodução / Youtube

O músico pernambucano Thera Blue iniciou sua carreira como cantor e compositor nos anos 2000 e não demorou a brilhar nos palcos com sua visceralidade e entrega. De lá pra cá, já foram lançados dois álbuns e um DVD. O Matuto Raiteque (Hightech) como ele próprio se descreve agora retorna à cena musical com “Recados“.

Trata-se de um charmoso duo com a conterrânea Gabi da Pele Preta. “Recados” faz ode ao orixá Exu, que, na canção, é metáfora para o divino que habita no povo negro. A música nasceu no quintal de uma casa amarela, no bairro de Casa Amarela, em Recife/PE, conta Thera Blue.

Eu e Isaac Maia estávamos tomando banho de balde, e chegou esse pulso de uma canção pra falar algo que, possivelmente, tava engasgado por preconceito, intolerância ou qualquer outra força. Resolvemos produzir a canção e sentir onde ela nos levaria.

Trazendo mensagens de justiça, saúde, amor e paz aos ouvidos, “Recados” recebeu um videoclipe sensível dirigido por Giulia Del Bel, que também assina roteiro e concepção artística, ao lado de Luciana Barreto. Você pode conferir a produção logo abaixo.

Felipe Wander

felipe_wander
Foto por Nayrla Delmiro

Avoante” é o mais recente single do cantor e compositor baiano Felipe Wander. A faixa, que transcende a brasilidade enquanto incorpora sutis traços do pop rock sessentista britânico, retrata a busca pelo autoconhecimento em meio à correlação entre a liberdade e a ancestralidade.

O artista ressalta que a natureza foi a principal fonte de inspiração para a composição.

‘Avoante’ é o nome de uma pomba campestre, muito presente na região Nordeste do Brasil. Ela, por si só, me remete à liberdade, à tristeza e à coragem de Luiz Gonzaga, João do Vale e Beatles.

Natural de Senhor do Bonfim/BA, Wander gravou a canção em outras duas regiões nordestinas: Juazeiro do Norte, no Ceará, e Natal, no Rio Grande do Norte. Na ocasião, o cantor contou com o suporte do produtor Dudé Casado, que ainda captou as linhas de baixo, zabumba, triângulo e ganzá. “Avoante” ainda traz os músicos Evânio Soares (rabeca, pífano e viola caipira), Ranier Oliveira (sanfona), Vinícius Pinho (pandeiro) e Hugo Alexandre (bateria). A mixagem ficou a cargo de Iago Guimarães, já a masterização foi feita por Troy Glessener.

Felipe Wander é vocalista e baixista da banda Sanitário Sexy, que divulgou recentemente o videoclipe de “Pernas do Caminho”, como você pode conferir por aqui. O músico está em carreira solo desde meados de 2019, já tendo lançado o single “Imbu”, e prevê a estreia de outras canções para o decorrer de 2021.

Ouça “Avoante” no player abaixo.