Dave Grohl no Rock In Rio 2019 com o Foo Fighters
Foto Stock via Shutterstock
 

Dave Grohl tem sido cada vez mais vocal com sua opinião política nos últimos tempos, ainda mais por conta da posse de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos.

O músico nunca escondeu seu lado e agora deu mais um exemplo de como tem seguido o mesmo “caminho” há bastante tempo. Em entrevista, o vocalista do Foo Fighters revelou ter participado de alguns eventos contra Ronald Reagan, presidente americano nos anos 80.

Um deles, Grohl relembra, foi o festival Rock Against Reagan, em Washington D.C.. O músico conta que as bandas Dead Kennedys e Bad Brains faziam parte do line-up, e que muitos jovens contra a “administração conservadora e sufocante de Reagan” fizeram parte do protesto.

Ele conta:

[O festival] acontecia em todo 4 de julho. Centenas de milhares de pessoas dos subúrbios iam assistir à exibição nacional de fogos de artifício. E bem no meio disso tudo estava um show punk com bandas como Dead Kennedys e Bad Brains.

Havia policiais a cavalo com porras de cassetetes. Era uma loucura. Eu fui espancado pela polícia e pelos caipiras. Mas era o lugar certo e a hora certa para isso.

Foo Fighters e a política

A banda apresentou seu hit “Times Like These” durante o evento online de posse de Biden, em janeiro.

À época, Dave Grohl se disse feliz por ajudar a “demitir aquele palhaço” do Donald Trump. Já Taylor Hawkins, o baterista do grupo, chamou Trump de “pedaço de merda” e também celebrou sua saída.

   
 
Compartilhar