MC Carol
Crédito: Afroafeto
 

A funkeira MC Carol divulgou nas plataformas de streaming o clipe feito para a música “Levanta Mina”, parceria com a DJ Thai.

O vídeo, de realização da Ubuntu Produções, foi roteirizado e dirigido por Mariana Jaspe, e conta com a participação de diversas mulheres, influencers digitais ou anônimas, que não se enquadram nos padrões de beleza tradicionais.

“Ao contrário do que muita gente pensa, eu fiz ‘Levanta Mina’ pra mim e não apenas para inspirar outras mulheres. É uma música para me ajudar nos dias difíceis porque, por mais que eu me ame, não há autoestima que aguente você não encontrar uma base no seu tom de pele, uma roupa do seu tamanho numa loja, não se ver na TV e revistas, entre outras coisas no dia a dia que te excluem direta ou indiretamente,” revela Carol, inspirada pela sua vivência de todo dia como mulher gorda e negra.

“O clipe se apropria da estética de publicidade de beleza – que por décadas versou sobre padrões ultrapassados – para hackeá-la ao exaltar gente de verdade, com seus corpos, desejos, peles e pelos, texturas de cabelo, sabores, dissabores, cicatrizes e dobrinhas. Levanta Mina é um filme sobre as infinitas manifestações do belo,” define a diretora, que se colocou ao lado de grupos que geralmente sofrem mais com os padrões estabelecidos pela sociedade.

“Levanta Mina” é o primeiro single do novo álbum de MC Carol, Borogodó, que deve ser lançado ainda neste primeiro semestre.

A funkeira, que surgiu com o hit “Minha Vó Tá Maluca” e ficou conhecida pelo grande público em 2015 ao participar de Lucky Ladies, reality show da FOX, vai abordar no disco temas como a sexualidade do ponto de vista feminino, a gordofobia e o machismo.

Do início da carreira para cá, Carol lançou sucessos como “Bandida”, “Não foi Cabral”, “Delação Premiada” e “100% Feminista”, chegando a fazer turnê pelos EUA, Reino Unido, Alemanha e Portugal.

Mais recentemente, a cantora participou da primeira temporada do Soltos em Floripa, da Amazon Prime Video, além de ter sido anunciada como uma das integrantes da turma inaugural de artistas do #YouTubeBlack Voices/Fundo Vozes Negras, iniciativa idealizada pelo YouTube para potencializar artistas e criadores negros.

Jova

Jova
foto: Kal Ximenes

O cantor e compositor fluminense Diego Jovanholi, que assina artisticamente como Jova, lançou através do selo Mondé seu segundo EP, Nada é Fixo.

Inspirado pela quarentena, o compacto apresenta cinco canções que dialogam com situações relacionadas ao isolamento social, como dilemas existenciais, saudade dos amigos, fins de relacionamentos e amores impossíveis.

As gravações contaram com as participações dos músicos Tadeu Correa (bateria), Guegué Medeiros (bateria), Leonardo Gorosito (piano elétrico), Dicinho Areias (acordeon) e Alencar Martins (baixo, guitarra e sintetizadores). A capa do EP é de Thais Baliberdin.

O artista de 32 anos, também designer e ilustrador há quase uma década, anteriormente havia liberado o clipe do single “Gaveta”.

O vídeo é uma animação realizada pelo videografista Well Abreu e representa, segundo Jova, uma viagem introspectiva que utiliza como metáfora a gaveta que guarda sentimentos.

“Há um portal que se transporta para dentro do coração, que quando mostra o que tem dentro, aparece uma selva. Nesses momentos, a pessoa tá tendo um diálogo com ela mesma. A gente é um mundo, então aquele mundo selvagem, com as plantas invadindo os prédios, é como a pessoa se enxerga. E quando há conflitos de pensamentos e sentimentos, isso é representado nas tintas,” comenta o cantor, que no ano passado lançou o EP de estreia Músicas para Ouvir Perdido na Floresta.

Festina Lente

Festina Lente
foto: Carol Pimenta

A banda capixaba Festina Lente liberou nas plataformas de música o clipe de “Improvisando no Sofá”.

O vídeo teve a direção de Everton Radaell e as imagens foram registradas no Teatro Galpão.

“No que diz respeito à sonoridade, essa é uma das canções que sinalizam bastante a mudança proposital nos rumos de nossa música. Nunca tínhamos usado sintetizadores antes e, para enfatizar essa nova fase oitentista, trouxemos isso também para o clipe,” afirma o vocalista e guitarrista João Santos.

Além dele, o trio é formado por Jean Dalfior (bateria) e Matheus Zanetti (guitarra). Este é o primeiro single do terceiro trabalho de estúdio do grupo, Nenhum Sinal de Confusão, lançado no final de 2020.

No currículo, a Festina Lente também tem o álbum de estreia homônimo e o EP Toda Forma de Amor Vale a Pena (2017).

Envelope Nuclear

Envelope Nuclear
foto: reprodução

O grupo Envelope Nuclear divulgou o clipe da faixa “Feliz Aniversário Pra Mim”. O vídeo foi escrito por Arthur Barreto e dirigido por GG Di Martino, ex-baterista da Deb And The Mentals.

A banda, formada em 2015, atualmente integra o casting do selo Forever Vacation Records e se prepara pra lançar seu segundo EP.

Pedro Simples

Pedro Simples
foto: reprodução

O rapper Pedro Simples lançou nas plataformas digitais o single “Minha Mãe Me Disse”, que chega depois do álbum CARMIM, divulgado no ano passado.

O disco apresenta 12 faixas e uma delas, “Brasília Roxa Wow Wow”, ganhou clipe recentemente com a produção visual de Raul Cardoso.