Big Brother Portugal
 

A edição portuguesa do programa Big Brother tomou uma decisão dura (e correta) em relação a um dos seus participantes.

Em uma entrada ao vivo, os responsáveis pelo Big Brother Portugal deixaram bem claro que Hélder Teixeira não era mais bem-vindo após ter feito saudações nazistas durante o programa.

Como você pode ver no vídeo abaixo, todos os participantes da atual edição no canal TVI foram reunidos e, em transmissão ao vivo, notificados da saída de Hélder, que ouviu:

Há temas com os quais nunca podemos brincar, correndo o risco de os desvalorizar ou de banalizar. O gesto que você fez simboliza milhões de mortos. A educação é o antídoto para o ódio e ela é a nossa melhor arma para que o passado sombrio não se repita. Hélder sabe melhor do que ninguém a importância das palavras e gestos no Big Brother.

Já os avisei e repeti inúmeras vezes que são vistos por milhares de pessoas e que devem ter noção do que dizem e do que fazem.

Por tudo isso, Hélder deixou de ser bem-vindo na minha casa. Está expulso do Duplo Impacto [lá o programa tem o nome de Big Brother – Duplo Impacto].

Pode se despedir dos seus companheiros e deixar a minha casa.

Continua após o vídeo

Big Brother Portugal e Resposta de Hélder

De acordo com publicação da ISTOÉ, Hélder teria feito outras “piadas” carregadas de homofobia e sexismo.

Após ser expulso, ele falou a respeito:

Não estava a espera de nada. Quando acontece uma situação dessa, somos avisados. Como eu sou de tal forma brincalhão e já fiz este gesto muitas vezes, não fazia a mínima ideia de que tomaria essa proporção. Juro pela minha família.

Como é possível ver no vídeo abaixo, quando ele faz o gesto há participantes no local pedindo para que ele “abaixe o braço”, dizendo que o gesto “é péssimo” e que isso faz parte de um dos piores episódios da história.

Ele responde com “mas faz parte da história” e ainda imita o modo de marchar do exército alemão.

Lamentável.

 
 
Compartilhar