Ratos de Porão no Jô Soares em 1995
Reprodução/YouTube
 

Em 1995, o Ratos de Porão já estava completando quase 15 anos de carreira (a banda começou em 1981) e deu uma passada no programa de Jô Soares, um dos que o grupo mais visitou em sua carreira.

Por lá, quem mais falou foi João Gordo e o vocalista deu uma declaração sensacional quando foi questionado sobre a sua rotina de trabalho. Após ficar sabendo que nas turnês europeias o Ratos fazia shows quase que diariamente, Jô aponta o quanto os músicos “gostam mesmo de trabalhar” e Gordo responde:

Ah, não é bem trabalho, né? Isso aqui é uma diversão remunerada. A remuneração é baixa, você ganha pouco, mas se diverte pra caralho.

O papo ainda passa por diversas outras questões — inclusive uma sugestão no mínimo curiosa do apresentador para que o RDP fizesse um show com orquestra eventualmente — e termina com uma performance de “O Dotadão Deve Morrer”, canção que estava no disco sendo promovido à época, Feijoada Acontece?.

Assista a um trecho em vídeo logo abaixo e, em seguida, confira a entrevista completa em áudio caso prefira.

LEIA TAMBÉM: Em 1997, Charlie Brown Jr. chegava (de skate!) ao programa de Jô Soares; relembre

Ratos de Porão no Jô Soares em 1995