Festival português Amplifest se mostra antifascista
Arte por Branca Studio
 

O festival português Amplifest resolveu mostrar que realmente não está preocupado em perder uma parte de sua renda se isso significar que não haverá eleitores da extrema direita no evento.

Conforme conta a Blitz, a produção deixou bem claro que não quer a presença de fãs de música que tenham votado no candidato André Ventura, identificado com as ideias extremistas no país europeu e terceiro colocado nas eleições presidenciais que ocorreram por lá no último domingo.

Eles ainda ressaltaram que nunca pensaram “ter a necessidade de escrever tal mensagem”, mas depois dos resultados eleitorais se sentiram obrigados a reforçar que “nos nossos eventos NÃO há espaço para fascismo, LGBTfobia, racismo, sexismo ou aporofobia”, este último termo referente ao preconceito contra pobres.

A mensagem foi publicada diretamente no Facebook do evento que tem sua edição 2021 agendada para os dias 8, 9 e 10 de Outubro no Porto e reúne grandes nomes da música pesada. Entre as atrações principais para este ano estão bandas como EnvyCult of Luna e Caspian.

Abaixo (ou clicando aqui), você confere a publicação feita na rede social, na qual o Amplifest pede explicitamente para que essas pessoas não se juntem ao festival em Outubro e afirma que elas não são bem-vindas.

Nunca pensamos ter a necessidade de escrever tal mensagem, mas depois dos resultados de ontem aqui vai: a Amplificasom e…

Posted by Amplificasom on Monday, January 25, 2021 

 
Compartilhar