Billie Eilish em vídeo sobre aceitação do corpo
Reprodução/Instagram
 

Não é de hoje que Billie Eilish é uma forte defensora da aceitação corporal, e o assunto se tornou recorrente na vida da cantora por diversos motivos — como as roupas que ela escolhe usar na maior parte do tempo.

Acontece que, no ano passado, uma foto foi vazada na internet mostrando a grande revelação do Pop mundial usando uma regata e gerou diversos comentários. Os fãs defenderam a artista pedindo para que “todos os corpos sejam aceitos”, mas outros disseram que ela teria o “corpo de uma mãe de 30 anos que bebe vinho”.

Continua após o Tweet

Agora, quem finalmente se pronunciou sobre isso foi a própria Eilish em uma nova entrevista à Vanity Fair (via Alt Press):

Eu acho que as pessoas ao meu redor estavam mais preocupadas com isso do que eu estava, porque o motivo pelo qual eu costumava me cortar era o meu corpo. Para ser bem sincera com você, eu só comecei a usar roupas largas por conta do meu corpo. Eu fiquei realmente, realmente feliz no entanto, principalmente, por eu estar nesse momento da minha vida. Porque se isso tivesse acontecido três anos atrás, quando eu estava no meio do meu relacionamento horrível com meu corpo — ou dançando muito, cinco anos antes, eu não estava realmente comendo. Eu estava, tipo, passando fome.

Eu me lembro de tomar um remédio que falava que me faria perder peso e só me fazia fazer xixi na cama — quando eu tinha 12 anos. É simplesmente maluquice. Eu não consigo nem acreditar, tipo eu — uau. É. Eu pensei que eu seria a única lidando com o ódio pelo meu corpo, mas eu acho que a internet também odeia meu corpo. Então isso é ótimo.

Mais do que isso, Billie reforçou sua afirmação dizendo que “a internet odeia mulheres”, deixando claro que não é a primeira nem a última vítima de um ataque do tipo.

Billie Eilish e aceitação corporal

Por outro lado, em uma entrevista de Dezembro, ela contou que ficou feliz por alguns fãs terem se identificado com seu corpo e acredita que isso pode ter ajudado a deixar algumas pessoas mais confortáveis em suas próprias peles.

Mais ainda, vale lembrar que durante a sua última turnê — cancelada pela pandemia — ela estreou um vídeo que era exibido nos shows no qual aparecia falando sobre aceitação corporal enquanto se despia das roupas largas e revelava sua silhueta. Por lá, deixava uma mensagem poderosa:

O corpo com o qual eu nasci, não é o que você queria? Se o que eu uso é confortável, eu não sou uma mulher. Se eu tiro as camadas, eu sou uma puta.

Com o cancelamento dos shows, o vídeo foi disponibilizado na íntegra pelo Instagram e você pode conferir abaixo.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish)

Ouça o novo álbum do Melim!  
 
Compartilhar