Jennifer Aniston explica cena de sexo deletada
Reprodução/YouTube
 

Jennifer Aniston é uma das atrizes mais prolíficas de seu tempo e certamente já viveu de tudo na indústria cinematográfica — tudo mesmo.

Em uma entrevista no programa de Conan O’Brien em 2014, ela falou sobre uma polêmica cena de sexo que acabou deletada do filme Quero Matar Meu Chefe 2, no qual ela vive uma personagem viciada em transar.

Indignado, o apresentador questiona por que isso aconteceu e Aniston, bastante envergonhada, dá uma excelente e razoável explicação:

O personagem de Charlie Day estava em um coma. E eu o exploro, enquanto ele está em um coma. Então era uma cena de sexo que era, meio… é, eles removeram. Mas eu aposto que vai estar naqueles extras do DVD ou qualquer coisa assim.

Por sinal, é uma coisa assustadora de gravar. Porque em geral você tem um parceiro ali contigo, pra te dizer ‘Putz, isso é duro, né’… [Aniston é interrompida por Andy Richter que sugere que ela use a palavra ‘difícil’ enquanto a plateia ri]

É, nesse caso, melhor deixar quieto mesmo. Para os curiosos de plantão, nem adianta procurar: pelo menos até o momento, a cena acabou nunca aparecendo e é bem provável (e recomendável) que isso continue dessa forma.

Você pode ver a entrevista de Aniston pelo vídeo abaixo.

Jennifer Aniston e uma cena de sexo deletada

Ouça o novo álbum do Melim!