Dave Grohl e Lemmy Kilmister
Foto de Dave Grohl por Stephanie Hahne e foto de Lemmy Kilmister via Shutterstock
   

Recentemente, Dave Grohl declarou que uma das novas canções do Foo Fighters para o aguardado Medicine at Midnight veio inspirada por Lemmy Kilmister, lendário e saudoso líder do Motörhead.

A faixa em questão é “No Son of Mine” e essa fala de Grohl veio em uma entrevista com a revista Classic Rock, na qual ele também falou um pouco sobre a relação com o ídolo e em especial sobre um encontro bastante bizarro no apartamento de Lemmy:

Eu fiquei chocado com quão nojento pra caralho era. Uns corredores de revistas e fitas VHS, empilhados até um metro, um metro e 20 de altura, com o Lemmy sentado no seu sofá, em uma cueca tipo ‘biquíni’ preta com uma teia de aranha nela, depois de ter acabado de pintar seu cabelo de preto, fazendo uma entrevista por telefone, com um videogame pausado na televisão.

O líder dos Foos ainda contou que Lemmy lhe ofereceu um uísque — eram 11h15 da manhã, segundo ele — e, naturalmente, ele aceitou. Por fim, ele completou com mais detalhes sobre a roupa de baixo de Kilmister:

Eu nunca, nunca vou esquecer todos os pequenos detalhes daquele dia. Especialmente a roupa de baixo preta, com uma teia de aranha e uma aranha viúva negra bem onde fica o pinto.

É… tem coisas que realmente a gente fica melhor sem ver!

Dave Grohl, Lemmy Kilmister e “No Son of Mine”

Sobre “No Son of Mine”, Grohl disse que ela começou com um estilo country e depois ele e os integrantes da banda decidiram “por algo um pouco mais agressivo” que resultou nos riffs mais pesados com uma inspiração de Lemmy.

Ele ainda confessou que gostaria que o cara estivesse vivo para que pudesse ver como “tem sido uma influência” para a composição do trabalho. Você pode saber mais sobre essa inspiração e conhecer melhor a relação dos dois rockstars por aqui.