Donald Trump e Gene Simmons
Reprodução/YouTube
 

Bem antes de ser o (agora quase ex) presidente dos EUA, Donald Trump ganhou fama com seu reality show O Aprendiz e uma edição especial do programa contou com ninguém menos do que Gene Simmons, lendário membro do KISS.

Foi em 2008 e o baixista estava indo muito bem na competição, até que acabou demitido de forma surpreendente logo na terceira rodada de eliminações. O que aconteceu foi que Gene resolveu “peitar” Trump e o colocar em uma situação complicada ao indicar para o “paredão” duas outras candidatas que estavam entre as melhores do programa.

Donald parece surpreso com a decisão e constantemente pergunta para Simmons: “o que eu vou fazer?”. Ele sugere que uma outra participante seria a escolha óbvia para sair do reality por ter “dado uma dor de cabeça aos executivos”, mas o músico afirma que acredita que ela seja uma “líder” e tem fé em seu trabalho.

Eventualmente, Gene Simmons acaba demitido e eliminado. Algum tempo depois, ele revelou que fez isso de propósito porque já estava de saco cheio de participar de O Aprendiz, e de fato isso parece bem claro quando assistimos ao trecho em questão.

Você pode comprovar por si mesmo pelo vídeo ao final da matéria, que possui legendas em espanhol.

Gene Simmons e Donald Trump

Vale lembrar que Simmons e Trump já tinham uma relação antes mesmo do reality show e em 2019 o músico chegou até a defendê-lo como presidente dos EUA, afirmando que “o planeta nunca esteve melhor”.

Em 2020, sua opinião mudou um pouco em decorrência da pandemia e, ainda que tenha poupado as críticas diretas a Donald, Gene falou bastante sobre as pessoas anti-vacina e anti-máscara e atacou o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro sobre suas posições acerca de tudo isso.

Gene Simmons demitido por Donald Trump em “O Aprendiz”