Victor Wooten dando conselhos a músicos
Reprodução/YouTube

Victor Wooten pode até ser uma das maiores lendas vivas do baixo, mas pelo menos em uma ocasião ele deu um conselho maravilhoso que serve para absolutamente qualquer músico.

Citando uma frase da escritora Maya Angelou — “no fim das contas, as pessoas não vão lembrar o que você falou ou o que você fez, elas vão se lembrar de como você fez elas se sentirem — Victor explica a importância de tocar música que faça o público sentir ao invés de ouvir.

Ele exemplifica ao tocar uma linha bem complicada e aponta para o silêncio da platéia, que se vê obrigada a prestar atenção em todos os seus movimentos. Em contrapartida, o baixista mostra como uma linha simples e repetitiva, mas recheada de feeling, pode ter o efeito oposto: o público pode até não prestar atenção, mas isso acontecerá por um impulso quase instintivo de começar a dançar e entrar no groove.

Ainda usando a frase de Angelou como base, ele explica sua filosofia e cita B.B. King como um grande exemplo:

Se eu conseguir te pegar ou te acertar, te agarrar pela sensação, eu te tenho! Aí eu posso fazer você ouvir. Eu posso te levar até onde o resto das coisas legais está. Mas o feeling é o segredo — porque você nasce com feeling, você morre com feeling. Feeling não precisa ser aprendido. O feeling é uma linguagem universal, como o amor, o ódio, o ciúme. Ninguém tem que aprender essas coisas, não depende de uma cultura. Nós sentimos em todo lugar, o tempo todo.

Então quando você consegue alcançar alguém com o feeling, você pode tocar menos técnicas. E aí você consegue tocar mais música. Se B.B. King estivesse em uma competição de guitarra nos padrões de hoje em dia, ele nem pegaria uma colocação. Tipo, quantas teorias você sabe, quantos acordes? B.B. King só tocava as mesmas cinco notas por 60, 70 anos. Mas os seus avós e os seus netos todos irão conhecer o nome do B.B. King. Sua mãe e seus filhos não vão conhecer Allan Holdswort, músico incrível, mas sua mãe não vai conhecê-lo, seus filhos não vão conhecê-lo. Mas todos vão conhecer o B.B. King.

Descubra o porquê, e aí toque dessa forma.

Sensacional, hein? Você pode ver toda essa fala pelo vídeo abaixo, em inglês.

Victor Wooten e o melhor conselho para músicos

 
Compartilhar