Gene Simmons e os devil horns
Foto via Shutterstock
 

Gene Simmons, que tem agradado a internet com suas declarações recentes sobre a pandemia, pode ter cutucado a onça com vara curta.

O vocalista e baixista do KISS criticou os rappers em uma nova entrevista, mas declarou que admira vários novos artistas que estão bombando no Pop. Dois nomes de seu agrado são Billie Eilish e Lady Gaga.

Em entrevista ao Gulf News (via Whiplash), Simmons declarou que os artistas de Rap nunca terão a mesma importância de uma banda como os Beatles. Segundo ele, estes músicos não vão construir grandes legados, já que não fazem suas próprias músicas.

A singularidade é que os Beatles foram uma banda que escrevia as suas próprias canções, faziam os seus arranjos, produziam as faixas, tocavam todos os seus instrumentos na maior parte do tempo. Sem playback. Sem melhoramentos digitais. Sem correções vocais. Sim, não vai acontecer novamente. Sabe, os artistas modernos dependem muito da tecnologia. Você pode nem reconhecer o artista se eles se gravarem cantando no chuveiro. Você ficaria chocado. E nenhum dos rappers tocam instrumentos. Eles não escrevem canções. Escrevem palavras. Mas acordes, melodias, harmonias e outras coisas, não. Isso não significa que o Rap não é importante. É muito importante. Mas não é os Beatles.

Ao falar sobre legado, o músico também citou o grupo de k-pop BTS, o qual diz não ter “potencial para virar uma lenda”:

Há bandas muito populares hoje em dia. O BTS é muito popular. Todos os tipos de bandas são muito populares. Isso não significa que serão icônicas e que construirão um legado para sempre. É diferente.

Gene Simmons elogia

Quem ganhou as graças do baixista, porém, foram Billie Eilish e Lady Gaga.

Simmons descreveu a cantora de apenas 19 anos como “única”, e elogiou também seu irmão, Finneas, que trabalha ao seu lado. Já Gaga foi descrita como “fantástica”.

KISS quebra recorde com live

Na virada do ano, o KISS realizou uma transmissão diretamente de Dubai e quebrou dois recordes — o de maior número de lançador de chamas (73) e chama mais alta (54 metros). Tá bom ou quer mais?

Ao divulgar a live, Simmons inclusive recomendou que seus fãs ficassem em casa curtindo o show ao invés de sair e se arriscar em plena pandemia.

LEIA TAMBÉM: KISS se irrita com pessoas que não querem usar máscaras

   
Compartilhar