Empresário de The Game briga após ofensas racistas
Reprodução/TMZ
 

Wack 100, empresário do rapper The Game, se viu envolvido em uma confusão nos últimos dias.

O cara estava em uma lanchonete em Lancaster, na Califórnia, quando percebeu que dois homens estavam brincando de fazer os pneus de um carro cantarem enquanto aceleravam com o veículo parado em um estacionamento.

Os relatos obtidos pelo TMZ dizem que Wack pediu para que os caras parassem com o que estavam fazendo por medo de um possível acidente, e isso resultou em ofensas racistas por parte da dupla que estava no carro, ambos homens brancos.

Os dois saíram do veículo e partiram em direção ao empresário, que também estava dentro do seu automóvel. Após tentativas de agressão por parte dos rapazes, Wack 100 se defendeu e acertou um soco em um dos amigos, que caiu no chão e chegou a sangrar; o outro até tentou dar sequência à briga jogando uma bebida em Wack, mas conforme outras pessoas foram se aproximando, ele começa a dizer que vai “anotar a placa” e desiste do confronto físico.

O executivo musical responde de maneira afirmativa sobre a ideia de anotar as placas:

Anota tudo, você encostou em mim. Você tentou me atacar. Você não me diz pra ir pra lugar nenhum, idiota.

Eventualmente, Wack compartilhou o registro em suas redes sociais mas a publicação foi removida pelo Instagram, o que gerou outra postagem reclamando do fato de que posts de violência de “negros contra negros ficam”, mas “quando um homem negro está sendo atacado e ganha é contra as suas regras”.

Você pode ver o vídeo da situação abaixo em uma publicação feita por outro usuário (via Revolt) e, depois, o post do empresário reclamando da conduta da rede social.

Empresário de The Game briga após ofensas racistas

 

View this post on Instagram

 

A post shared by The GodFather (@wack100)

 
Compartilhar