Carne Doce
Crédito: divulgação
 

A banda goiana Carne Doce lançou um álbum ao vivo pelo Selo Sesc com gravações captadas em show realizado no Sesc Belenzinho, em São Paulo.

A apresentação aconteceu em Fevereiro de 2020, ou seja, pouco antes da pandemia do coronavírus, e o disco, chamado Sessões Selo Sesc, conta com 11 músicas. Também foi divulgado no YouTube o vídeo-faixa “Tônus”.

“Sempre quisemos ter um registro ao vivo, porque o show é o que mostramos de melhor. Desde o primeiro disco ouvimos que deveríamos ter um álbum ao vivo, então esse lançamento do Selo Sesc é um grande presente para nós e para o nosso público,” conta o guitarrista Macloys Aquino.

A formação do quinteto é completada por Salma Jô (voz), João Victor Santana (guitarra e programações), Aderson Maia (baixo) e Fred Valle (bateria e pads). Com quatro trabalhos de estúdio na carreira, o grupo estreou em 2014 com seu álbum homônimo.

Depois, vieram Princesa (2016), Tônus (2018) e Interior (2020). Entre os destaques do disco ao vivo estão as versões em pout-pourrit de “Comida Amarga” e “Irmãs”, e outras de “Sereno”, “Carne Lab” e “Ideia”, além dos sucessos “Cetapensâno” e “Temporal”, single lançado no início do ano.

Fiusa

Fiusa
foto: divulgação

O grupo Fiusa lançou nas plataformas de streaming o clipe feito para a faixa “Deixa Queimar”.

O vídeo foi dirigido e editado pela NOIZ Produções e a música integra o EP Não Estamos Sozinhos (2020).

A letra fala sobre apagar da memória e do coração as coisas ruins que acontecem com a gente, por mais difícil que seja.

A banda é formada por André Augusto, Eduardo Marques, Renan Santhiago e Johnny Viviera.

Homobono

Homobono
foto: divulgação

O músico e compositor carioca Marco Homobono, através de seu projeto solo Homobono, divulgou nas plataformas digitais o single “Subcarioca”.

A letra gira em torno da corrupção e violência que levaram o Rio de Janeiro a um estado deplorável, além da descrença do povo e da falta de expectativa de recuperação econômica da cidade.

Diante da prisão do prefeito Marcelo Crivella recentemente, o lançamento não poderia ser mais oportuno.

Mergulhado em um mar de lama, o Rio tem histórico de mandatários condenados, como os ex-governadores Sérgio Cabral Filho e Luiz Fernando Pezão, ou investigados, como o atual Wilson Witzel, afastado do governo, sob processo de impeachment.

Guitarrista e vocalista dos Djangos, Homobono contou na gravação com a participação de Melvin Ribeiro no baixo, Jomar Schrank nos teclados e Rafael Lima nos vocais.

Ricardo Mabilia & Delunar

Ricardo Mabilia
foto: divulgação

O músico gaúcho Ricardo Mabilia, junto com o duo Delunar, formado por Emely Polli e Nicolle Polli, lançou recentemente o clipe feito para a música “Sintonia”.

O vídeo, dirigido e editado pelo próprio artista, foi gravado em Caxias do Sul (RS). O single mistura as batidas de reggaeton com as de funk, apresentando letra cheia de positividade.

No ano passado, Ricardo lançou o EP Universo Vil.

Jupta

Jupta
foto: Tetho Souza

A banda paulista Jupta disponibilizou o clipe da canção “Chuva”, que integra o recente álbum Minha Casa é Longe Daqui.

Dirigido por Tetho Souza, o vídeo mostra os integrantes andando por diferentes cenários, em alusão ao sonho de terem seus planos concretizados e a realidade de um ano frustrado pela pandemia.

Apesar de ter seu cronograma afetado pela crise do coronavírus, o grupo não deixou de lançar o novo disco em Setembro passado.