Créditos: arquivo pessoal

Por Natalia Salvador

Em mais um episódio especial da série feita para o Trends Brasil Conference, o podcast Fast Forward recebeu Sandra Jimenez, Head of Music LATAM do YouTube, para debater as oportunidades que a plataforma oferece aos artistas, como tem sido o comportamento de usuários e produtores durante o período de isolamento social, além das novidades e integrações entre as múltiplas ferramentas disponíveis. Confira! 

Segundo Sandra, o YouTube tem diferentes verticais de conteúdo e todas elas podem se beneficiar das ferramentas e alternativas que a plataforma oferece aos criadores. Um exemplo recente e que vem ganhando destaque nas discussões por conta das lives durante o isolamento social são as novas formas de remuneração de vídeos ao vivo:

O super chat começou com os gamers e foi ampliado a partir de um pedido dos usuários. Ninguém precisa pagar para assistir ao material, é uma opção para você chamar atenção do artista que você gosta. 

Dados do YouTube são uma importante referência do que está em alta no mercado

Por diversos fatores, o YouTube é uma importante referência na parametrização de resultados gerais baseados no comportamento da população. A plataforma consegue identificar artistas e conteúdos que estão em crescimento, sejam eles sucessos momentâneos ou tendências de mercado. Para fazer recomendações, os engenheiros de dados conseguem cruzar o que está em alta no trends da plataformas com o que já é escutado pelo usuário, trazendo conteúdos mais assertivos para as playlists do assinante. Hoje, Sandra alerta que é possível perceber a crescente da música popular brasileira. 

Plataforma se tornou um grande aliado de artistas durante isolamento social

O YoutTube já oferecia suporte para lives antes do crescimento exponencial do formato devido ao isolamento social. Contudo, novas ferramentas e possibilidades vêm sendo estudadas pela plataforma.

“Existem estudos e testes de novas formas de remuneração. O YouTube busca maneiras para que todos os conteúdos da plataforma conversem”, acrescentou Sandra. Para ela, o formato de lives veio para ficar. 

Quer saber mais sobre a conversa entre o Fast Forward e o YouTube na Trends Brasil Conference? Ouça o Podcast em todas as plataformas de streaming / podcasts ou no player logo abaixo.