Francisco el Hombre e Sidney Magal
 

Chegou o momento tão aguardado pelos fãs da Francisco, el Hombre e de Sidney Magal.

Estreou nas plataformas digitais o single “Vou pra Cima”, que marca a parceria entre a banda paulista e o cantor carioca.

Unidos pelas referências da música latina, eles combinam seus estilos e o resultado rendeu uma música envolvente e de refrão fácil.

E, para quem não sabe, anos atrás, em 2015, a Francisco, el Hombre já cruzava o caminho de Magal, quando começou a incluir o hino “O Meu Sangue Ferve Por Você” em suas apresentações. A potência da canção de Sidney sempre marcava um dos pontos altos dos shows.

Francisco el Hombre e Sidney Magal

“Quando ‘Vou pra Cima’ começou a se materializar, percebemos que ela tinha uma energia semelhante àquela que sentíamos ao tocar ‘O Meu Sangue Ferve Por Você’ ao vivo. Foi uma enorme surpresa quando convidamos o Sidney para participar e ele não só topou, mas amou e se identificou com a música também”, conta Sebastian Piracés-Ugarte (voz, percussão e violão).

Ele fundou o grupo em São Paulo junto com seu irmão, Mateo (voz e violão). Completam a formação, Ju Strassacapa (voz e percussão) e Andrei Kozyreff (guitarra). Esta é a sétima novidade que os integrantes divulgam desde o início da pandemia do coronavírus.

“Durante a quarentena, na época do meu aniversário, veio muito forte o sentimento de que eu queria viver e aprender mais. Foi daí que surgiu a ideia da volta ao sol e da vontade de querer dar mais voltas em torno dele,” começa Mateo.

“Todo carisma transmitido pelo Sidney Magal e o fato de ele querer fazer uma música com a gente, que tem um ritmo diferente, reforça o tesão que ele tem por viver e aprender,” completa o músico, que também integra o projeto solo Sebastianismos.

Francisco, el Hombre
Crédito: Julia Rodrigues

Magal, que já soma 55 anos de carreira, pautados por muita irreverência e bom humor, reforça a importância de ser verdadeiro com sua arte e com os fãs.

“Quanto mais forem autênticos e se preocuparem em divertir o público, mais tempo vocês vão durar, foi nisso que me abracei. Francisco, el Hombre, estou com vocês e não abro, numa boa, e vamos pra cima que essa música é sucesso,” comenta o veterano em mensagem à banda.

Antes de “Vou pra Cima”, a Francisco, el Hombre aproveitou a quarentena para lançar “Juntos, Nunca Sós”, em parceria com Luê; “Despedida”; “Valer La Pena”, com Mestrinho; “Baile Sudaca”, em colaboração com a chilena Moral Distraída; “Bebemorando”, projeto em homenagem a Adoniran Barbosa, e sua versão para “Brasil Pandeiro”, clássico dos Novos Baianos.

Ouça a canção logo abaixo na playlist oficial do TMDQA! no Spotify.