Lemmy Kilmister falando sobre racismo no Metal
Reprodução/YouTube

O saudoso Lemmy Kilmister estava longe de ser uma pessoa perfeita, mas um vídeo que está disponível pelo cara pode te mostrar um novo lado do cara.

O vocalista e baixista do Motörhead estava respondendo cartas de fãs em vídeo e recebeu uma dúvida de um garoto que se declarou como negro e fã de grupos como Iron Maiden, Testament, SlayerMetallica — não, ele não cita o Motörhead, o que pareceu ser a única coisa que incomodou o músico durante a leitura.

O rapaz afirma que ouvia de outras pessoas da sua comunidade que era uma “desgraça para sua cor” por só ouvir bandas de Rock e Metal e pede um conselho de Lemmy sobre o que fazer para lidar com essa situação, em especial porque seu próprio pai pensava dessa forma.

Enquanto lia a carta, Kilmister fez alguns comentários e você pode acompanhar pela transcrição abaixo (as falas entre aspas são da carta):

‘Meu problema é que outros negros me diminuem e dizem que sou uma desgraça para a cor’. Diga a eles que se fodam, garoto. Jimi Hendrix se saiu bem, lembra?

‘Me deixa puto porque meu pai se sente da mesma forma. Na maior parte do tempo nós só mandamos essas pessoas irem morrer mas eu não sei como lidar com meu pai. Minha mãe é tranquila com isso…’ Bom, as mulheres realmente costumam ter mais senso que os homens, eu sempre digo.

‘Mas o que eu deveria fazer com meu pai?’ Bom, é melhor ele não assistir à TV então, porque há pessoas brancas ali, sabe? Ser assim sobre outra cor é a mesma coisa que Hitler era sobre judeus e sobre outras cores. Você não pode ser só de uma cor. Se essa porcaria vai funcionar direito em algum momento, então todos nós temos que casar entre raças e transar cegamente e virar cor de café. Mas aí, nós também acharíamos pessoas que seriam mais claras que aqueles caras, certo? Você não pode vencer com essa, mas você pode vencer só fazendo o que quer. Diga a eles para ir ao inferno, certo? Eles querem te manter seguro e aquecido na comunidade negra, e se a comunidade negra não te aguenta, mostre a eles! Vá para outro lugar. Little Richard, quando teve seus primeiros hits, foi condenado ao ostracismo completamente e abandonado pelos negros. Todos eles disseram, ‘Ah, ele se vendeu’. Ele não se vendeu. Ele estava tocando a música que curtia e as pessoas brancas também curtiam, sabe? Você deveria ser penalizado por dar alegria às pessoas? Que se ferrem, faça o que você quiser!

E aí, concorda? Você pode ver a fala na íntegra pelo vídeo abaixo.

LEIA TAMBÉM: O dia em que Lemmy Kilmister disse que todo político é “profissional da mentira”

Lemmy Kilmister falando sobre racismo no Metal

 
Compartilhar