Keith Moon, John Lennon, George Harrison e Eric Clapton
Fotos via Wikimedia Commons
 

Em 15 de Dezembro de 1969, John Lennon faria sua última aparição nos palcos do Reino Unido antes de sua fatídica morte em 1980.

Como se não bastasse isso, o show em questão — que era da Plastic Ono Band, projeto do ex-Beatle com a esposa Yoko Ono — foi ainda mais histórico graças à escalação de músicos que acompanhou o casal.

Além de Billy Preston (The Beatles/The Rolling Stones) e Nicky Hopkins (Led Zeppelin/The Rolling Stones) nos teclados, a escalação do grupo naquela noite para a apresentação no Lyceum em Londres contou com Eric Clapton George Harrison dividindo as tarefas nas guitarras e ninguém menos que Keith Moon (The Who) na bateria. Bobby Keyes (The Rolling Stones) fechou a formação, assumindo o saxofone.

A performance, aliás, foi a única da Plastic Ono Band na Europa e só aconteceu por um motivo especial: tratava-se de uma iniciativa da Unicef, o Peace for Christmas (“Paz Para o Natal”) e John e companhia tocaram para arrecadar fundos. Mas, nos palcos, a coisa foi intensa — até demais para alguns membros da plateia.

Como conta a Classic Rock, foram tocadas apenas duas músicas, mas o show durou quase 50 minutos. Sim, você leu certo: além de uma versão de 7 minutos de “Cold Turkey”, introduzida por John como sendo uma música “sobre dor”, a banda passou 40 minutos tocando “Don’t Worry Kyoko”, em uma pegada que aparentemente foi cheia de riffs e viagens musicais que fez o público deixar o local.

Infelizmente, não há registros completos da noite. O único vídeo disponível da ocasião tem apenas 2 minutos de duração e serve como um clipe de “melhores momentos”, mas em uma entrevista futura John Lennon mostrou ter se divertido com a performance:

Muita gente da plateia foi embora, mas os que ficaram, eles entraram em uma viagem. Foi um dos primeiros shows de Rock verdadeiramente pesado. […] É de se esperar que algumas pessoas estavam desapontadas pelo fato de só termos feito dois números bem longos, mas nós tocamos música de 1984! Eu não sei o que eles querem. Eu estou tentando passar a mensagem de que a Plastic Ono Band toca o inesperado. […] Eu não faço mais variedades. Eu parei isso quando estava com os Beatles.

É, um verdadeiro caso de “só quem viveu sabe”. Ou, pelo menos, em questão de vídeo: a versão de “Cold Turkey” e um trecho de “Don’t Worry Kyoko” estiveram no disco Some Time in New York City (1972), e você pode conferir ambas abaixo, bem como o vídeo com trechos da noite.

John Lennon, George Harrison, Keith Moon e Eric Clapton juntos