Headphones streaming
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Uma nova pesquisa mostrou um dado assustador sobre a remuneração de músicos em plataformas de streaming.

De acordo com membros da The Ivors Academy e da Musicians’ Union, 82% de seus entrevistados ganharam menos de 200 libras, ou cerca de 1.300 reais, no período de um ano inteiro em 2019. Alguns deles, inclusive, contavam com alguns milhões de streams.

Na mesma pesquisa, 92% dos entrevistados afirmaram que menos de 5% de seus ganhos no ano passado vieram do streaming, enquanto 43% tiveram de recorrer a trabalhos fora da música por conta do baixo valor.

Graham Davies, CEO da Ivors, declarou (via NME):

Esta pesquisa é mais uma demonstração de que a música e o compositor são subvalorizados. Muito dinheiro de streaming está indo para as grandes gravadoras, e este é um modelo desatualizado que precisa de reforma.

Streaming e o governo

A pesquisa vem enquanto corre uma investigação governamental sobre o impacto de modelos de negócios como o Spotify, Apple Music, Amazon Music e Google Play.

É sabido que mais de £ 1 bilhão foram gerados a partir destes programas apenas no Reino Unido, mas artistas receberam apenas 13% da receita gerada. Músicos como Ed O’Brien (Radiohead), Guy Garvey (Elbow) e Nadine Shah foram alguns dos nomes que colocaram peso nessa investigação ao prestarem seus depoimentos.

 
 
Compartilhar