Greta Thunberg
Foto via Wikimedia Commons
 

Meu Nome É Greta, documentário sobre a icônica ativista ambiental sueca Greta Thunberg, de apenas 17 anos, estreia no Brasil neste sábado (5).

A transmissão inicial acontecerá exclusivamente pelo canal National Geographic a partir das 21h, e a produção tem como objetivo trazer uma imagem realista da garota que, mesmo tão jovem, tem enfrentado batalhas diariamente sem perder as convicções que lhe fizeram ganhar fama.

Com direção do também sueco Nathan Grossman, o longa explora a vida de Greta tanto dentro de seu ativismo quanto fora. Sobre tudo isso, ela diz:

Gostei muito do documentário e acho que dá uma imagem realista de mim e do meu dia a dia. Espero que os espectadores finalmente possam entender que nós jovens não fazemos greve escolar para nos divertir. Protestamos porque não temos alternativa. Muita coisa aconteceu desde que comecei com a greve escolar, mas infelizmente ainda estamos no zero.

Meu Nome É Greta

Originalmente uma produção do Hulu, serviço de streaming dos EUA, o documentário finalmente chegará ao público brasileiro com imagens inéditas da garota que não se intimidou perante a líderes mundiais como o presidente Jair Bolsonaro, que chegou a chamá-la de “pirralha”, e Donald Trump, que pediu para que ela “trabalhasse seus problemas de raiva”.

Você pode ver um trailer (em inglês) abaixo.