Steve Vai
Crédito: divulgação
 

Está chegando!

A DMX – Digital Music Experience será realizada neste ano nos dias 9, 10 e 11 de Dezembro em formato virtual, seguindo a cartilha dos eventos de entretenimento que estão acontecendo durante a pandemia do coronavírus.

A 6º edição da feira musical vai ter transmissão gratuita através de seu canal oficial no YouTube e também pelo site oficial. A apresentadora do Multishow Dedé Teicher estará à frente da transmissão e vai acompanhar o público diretamente do “Estúdio Estácio”, um ambiente com todos os equipamentos de gravação, desde a mesa de som e amplificadores até equipamento de masterização de áudio e rolos de gravação.

“Em um ano marcado por tantas mudanças, mais do que nunca é importante ver a música como um importante fator de transformação, como uma forma de expressão da sociedade. Vamos utilizar a tecnologia, que tanto influencia os novos caminhos e estilos musicais, para trazer essa discussão e troca de conhecimento para o ambiente digital e dar continuidade ao trabalho de debate que a DMX realiza desde sua primeira edição,” afirma Marco Mazzola, produtor musical e idealizador da DMX.

Participam da conferência, grandes artistas, músicos mundialmente conhecidos e especialistas de diferentes áreas da indústria da música. Eles vão falar sobre seus trabalhos, contar experiências, revelar trajetórias de carreira e de vida, além de comandar workshows inéditos e exclusivos.

Nomes conhecidos

Entre os convidados desta edição estão o guitarrista americano Steve Vai e os brasileiros Sérgio Dias, Frejat e Hermeto Pascoal. O propósito do evento é conectar ainda mais o público com o universo da música, incluindo tecnologias modernas utilizadas pelos principais nomes do setor.

Uma das atividades da DMX será o Talk, que vai trazer conversas inéditas com artistas sobre carreira, novo cenário musical, influência da tecnologia e cases de sucesso. Já no Meet Experience, músicos e especialistas contam, de forma direta, sua trajetória profissional e todos desafios enfrentados ao longo deste percurso.

Música instrumental

Enquanto isso, o Workshop terá três agendas com estilos bem diferentes: o violoncelista Jaques Morelenbaum, o grupo PianOrquestra e o baterista Eloy Casagrande. Neste atípico 2020, o DMX New Talent vai celebrar todos os músicos e musicistas do país escolhendo novos artistas solo da cena instrumental.

Será feita uma disputa com instrumentistas de todo o Brasil e oito nomes da nova cena nacional vão integrar a programação da DMX. A seleção será feita através de um comitê interno, mas o público também poderá ajudar a escolher os novos talentos, pois uma votação popular, nos dias 9 e 10 de Dezembro, será aberta para definir um ganhador por dia.

Os dois vencedores serão anunciados ao vivo no último dia da conferência (11) e vão receber uma bolsa de estudos da Estácio. As inscrições podem ser feitas até o dia 01/12 no site do evento.

A DMX 2020 tem realização da MZA Music e patrocínio da Secretaria Especial de Cultura e Ministério do Turismo, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, e também da Estácio.

09 de dezembro – Quarta-feira

17h às 18h – DMX Talk: Os desafios de uma orquestra jovem brasileira Orquestra Maré do AmanhãO maestro Carlos Eduardo Prazeres fala junto com um músico e uma musicista do projeto sobre os desafios da Orquestra, que completa 10 anos e reúne cerca de 300 jovens de áreas carentes do Rio de Janeiro. Na pauta, o poder transformador da música na vida desses jovens e de toda a comunidade onde vivem.

18h05 às 19h05 – DMX Talk: Sérgio Dias – Um ser mutante. Participação especial: Frejat. Sérgio Dias foi o guitar hero do rock’n’roll brasileiro das décadas de 60 e 70. Junto com os Mutantes e a Tropicália, mudou a forma de fazer música no Brasil. O mesmo pode-se falar de Roberto Frejat com o Barão Vermelho, na década de 80. Nesse encontro, Frejat presta uma homenagem ao grande mestre Sérgio Dias em um bate-papo com muitas histórias sobre a carreira nacional e internacional de Sérgio Dias, nosso eterno mutante.

19h10 às 20h10 – Meet Experience. Guitar Hero: Steve Vai. Considerado um dos 100 maiores guitarristas do mundo, Steve Vai acumula centenas de títulos e prêmios pelo mundo. O guitarrista participará, pela primeira vez, de um encontro virtual com os fãs do Brasil com exclusividade na DMX.

20h15 às 21h15 – Workshop: A personalidade da bateria no heavy metal com Eloy Casagrande. Baterista da banda brasileira com maior projeção internacional, o Sepultura, o jovem Eloy Casagrande é cultuado no mundo como um dos mais virtuosos e técnicos instrumentistas do rock mundial. Eloy explicará suas principais técnicas em uma viagem pela sua carreira com um workshop virtual exclusivo.

10 de dezembro – Quinta-feira

17h às 18h – Meet Experience – A Versatilidade de Taryn: Do jazz a Disney. Diretora artística da Rio Jazz Orquestra, Taryn é filha de Marcos Szpilman, um dos fundadores da tradicional big band. No meio do caminho, encontrou não só uma alma que ama o jazz, mas também um dos mais gratificantes trabalhos da sua vida: a dublagem e as interpretações musicais das grandes divas da animação e da música brasileira. Hoje, é uma das mais importantes vozes da Disney em português, como protagonista da super premiada animação musical “Frozen”, na qual é a voz da personagem Elsa.

18h05 às 19h05 – Meet Experience: Chacal do Sax – Talento e perseverança. Um menino que cresceu em um colégio interno e, lá conheceu uma paixão que mudaria sua vida: o saxofone. Esse é o resumo da vida de Jonathan Fernandes Vieira, de 36 anos, conhecido como Chacal do Sax. Cria da comunidade Barro Vermelho, no Complexo do Lins, o artista, também é compositor. Atualmente, Jonathan vive de música e vai levar seu som e sua verdade para o palco da DMX onde vai falar sobre sua trajetória e desafios.

19h10 às 20h10 – DMX Talk: A alquimia de Hermeto Pascoal – A trajetória de vida contada pelo próprio bruxo. Mediação: Fabiane PereiraA maior referência da música instrumental brasileira. Aos 84 anos, o “Mago” continua criando, compondo e fazendo turnês mundiais. Dessa vez, a DMX vai até sua casa para uma entrevista exclusiva quando o grande gênio que contará curiosidades e falará sobre os momentos mais desafiadores da sua vida.

20h15 às 21h15 – Workshop Jaques Morelenbaum – Música é meu segundo nome. Violoncelista, maestro, compositor, arranjador e produtor, Jaques Morelenbaum está presente na carreira de grandes nomes da música brasileira e internacional, seja como arranjador e parceiro musical de nomes como Tom Jobim, Caetano Veloso, Ivan Lins, Skank, Chico Buarque, Milton Nascimento entre outros. Foi o violoncelista de Sting em DVDs, além de tocar com o Cello Samba Trio. O artista vai ministrar um Workshop imperdível sobre violoncelo.

11 de dezembro – Sexta-feira

17h às 18h – DMX Talk: Renato Borghetti – Voando alto e levando suas raízes. Participação especial: Kledir. Renato Borghetti é um artista com uma sólida carreira mundial. Esse caminho começou em 1984, quando o seu disco “Gaita Ponto” recebeu o primeiro disco de ouro de música instrumental do país. De lá para cá, Borghetti e a sua inseparável gaita-ponto vem trazendo ao mundo a qualidade e o sentimento da melhor música feita nos pampas gaúchos. Esse bate-papo é uma homenagem ao artista e conta com mediação de Kledir, que junto com seu irmão Kleiton forma uma dupla respeitada e apreciada em todo o Brasil.

18h05 às 19h05 – Meet Experience: Jonathan Ferr – Conecte-se com o futuro. O futuro é você. Pianista e compositor, ganhava bem a vida acompanhando outros artistas até que em uma determinada manhã se viu como um “músico de aluguel”. Pela vontade de viver do jazz, Jonathan mudou. Passou a estudar para entender o que estava acontecendo no mercado e buscar o seu lugar na música instrumental mundial. O músico, símbolo de superação e empreendedorismo, fala sobre sua carreira e o mercado da música, inspirando novos e futuros artistas.

19h10 às 20h10 – Meet Experience: Os benefícios da música e o cérebro humano por Roberta Bento e Taís Bento. A especialista em Aprendizagem Baseada no Funcionamento do Cérebro pela Universidade da Califórnia e Duke University, Roberta Bento, vai falar sobre influências e benefícios da música nas mais diversas situações da vida e dos negócios.

Roberta teve uma paralisia cerebral no momento do nascimento e a dificuldade de aprendizagem foi uma das sequelas previstas, dentre outros desafios que teria que enfrentar. Os anos se passaram e a neurociência trouxe uma descoberta que explica como aquela criança tão frágil conseguiu se tornar uma educadora reconhecida internacionalmente.

Junto a ela, estará Taís Bento, pedagoga com especialização em Aprendizagem Baseada no Funcionamento do Cérebro e Aprendizagem Cooperativa pela Universidade de Minnesota e pela Universidade de San Diego para debaterem e discursarem sobre o poder da música e da arte, duas poderosas ferramentas que cada vez mais vamos descobrindo terem efeitos milagrosos na mente de cada um de nós, seres humanos.

20h15 às 21h15 – Workshop Claudio Dauelsberg – uma nova visão do piano. Convidado: PianOrquestra. Consagrado pianista, idealizador e diretor artístico do grupo PianOrquestra – 10 mãos e 1 piano – Claudio Dauelsberg apresenta um workshop sobre a história do piano, desde sua criaçao até os dias de hoje.

Claudio convida o grupo que demosnstra, na prática, a técnica do piano preparado. Com luvas baquetas, palhetas de violão, fios de náilon, peças de metal, madeira, tecido e plástico, eles exploram as infinitas possibilidades de timbres e sonoridades transformando o piano em sua própria orquestra.

Responsabilidade social em tempos de pandemia: Ação Social pela Música do Brasil.

A DMX neste ano vai acolher a Associação Social pela Música no Brasil – ASMB, uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que, em sua vertente socioeducacional, visa a inclusão social e a formação da cidadania, através do ensino coletivo da música clássica, para crianças, adolescentes e jovens moradores de comunidades em situação de vulnerabilidade social.

A ação promove, há mais de 23 anos, a formação de orquestras jovens de música clássica em todo o território nacional, como a Orquestra Jovem do Brasil e a orquestra Mercosul.

Durante os três dias de evento, um QR Code será exibido ao longo da transmissão para que o público possa contribuir com as ações da ASMB.