Bad Brains
 

Notícia excelente para quem curte Punk e Hardcore: o Bad Brains recuperou os direitos de seu catálogo e prepara uma série de relançamentos a partir de 2021, ajudando a diminuir a dificuldade de encontrar seu material em formato físico.

O baixista Darryl Jenifer falou sobre o acontecimento, agradecendo a todos que ajudaram e à Org Music, que irá ajudar nos relançamentos feitos por meio do selo próprio Bad Brains Records (via Alt Press):

E aí, família Bad Brains. Tenho orgulho de anunciar a vocês as bênçãos e o retorno de todos os direitos/gravações master do Bad Brains ao Bad Brains e fora do cativeiro Babilônico. Esses direitos e outros itens incluem fitas mestre, fotos recém-descobertas, e etc. Obrigado a JAH e todos os envolvidos nesse glorioso feito. Fiquem ligados para um ‘re-tudo’ envolvido em todos os nossos nove álbuns de estúdio e mais. Um grande salve à Org Music por sua fé, trabalho duro e dedicação à Bad Brains Records. Nós temos essa Atitude Mental Positiva, de 2020 para o além.

O primeiro capítulo disso será já em Fevereiro de 2021, com uma nova edição do single “Pay to Cum”, grande marco do Hardcore. Para além disso, a fase inicial de relançamentos também incluirá o disco de estreia de 1982, o sucessor Rock the Light (1983) restaurado à sua mix original, I & I SurviveQuicknessThe Youth Are Getting Restless, Omega Sessions Live at the Fillmore 1982.

Todos serão lançados em vinil, e alguns chegarão também em CD e fita K7. Haverá disponibilidade de edições limitadas com capas assinadas por John Yates, então definitivamente vale a pena ficar ligado em tudo isso!

Bad Brains

Se você não está muito familiarizado com a história dessa incrível banda, vale a pena conferir um especial que fizemos sobre como eles foram pioneiros do Hardcore ao unir a técnica do Jazz com a agressividade do Punk. É só clicar aqui.

LEIA TAMBÉM: Death: conheça a banda que foi Punk antes do Punk existir

 
Compartilhar