Foto via NHK/Studio Ghibli
 

Quem conhece as animações do Studio Ghibli sabe que a produtora tem um estilo muito tradicional, mas o novo longa do grupo irá deixar isso pra trás.

Aya e a Bruxa, que é baseado no livro Tesourinha e a Bruxa de Diana Wynne Jones, apresenta uma estética baseada no visual de computação gráfica assinada por Goro Miyazaki, filho de Hayao Miyazaki, fundador do estúdio.

Com estreia programada para acontecer dia 30 de Dezembro no canal japonês NHK, o longa ainda não tem previsão para chegar no Brasil mas já ganhou um trailer para quem estiver curioso em relação à estética adotada.

O resultado parece realmente bem legal e, por mais que seja um pouco difícil se acostumar com algo assim vindo do Studio Ghibli, parece ser questão de tempo. E é claro que a história parece ser bem interessante, seguindo a trajetória de uma jovem órfã que é adotada pela bruxa má Bella Yaga e precisa escapar da casa mal-assombrada.

A versão em inglês chega em 2021, então esperamos que até o fim do ano que vem tenhamos uma opção nacional! Por enquanto, curta o trailer logo a seguir.

Primeiro trailer de Aya e a Bruxa, do Studio Ghibli

 
Compartilhar