Ju Strassacapa
Foto por Giselle Galvão
 

Ju Strassacapa, integrante da banda Francisco, el Hombre, lançou nas plataformas digitais o single “Sonho Ritual”, através da Difusa Fronteira.

A letra fala sobre um cuidadoso olhar interno, com o intuito de percebermos o que realmente importa à nossa volta em meio a todas as luzes brilhantes e sedutoras da vida na matéria.

“É uma evocação para ciclos novos que nutram a vida, para a semeadura consciente de caminhos que sejam harmônicos com todas as manifestações da Natureza. É um chamado para a psique instintiva de todas as mulheres. As múltiplas vozes nela presentes ressoam com arquétipos como o da Deusa Tríplice (donzela, mãe, anciã), da Mulher Selvagem ou La que Sabé, além de incontáveis outras,” define Ju, responsável pela composição de um dos maiores sucessos da Francisco, el hombre, “Triste, Louca ou Má”.

A canção gravada em 2016, inclusive, é tida como um manifesto feminista, tendo sido reinterpretada por Maria Gadú, Mariana Aydar, Liniker e também por mulheres de toda Abya-Yala (América Latina).

Ju Strassacapa
Capa do single ‘Sonho Ritual’

“Sonho Ritual” dá sequência ao projeto paralelo de Ju Strassacapa, em que ela busca se apropriar dos meios de produção e também se aprofundar em música-medicina, espiritualidade e temas de gênero e sexualidade.

Estes últimos são assuntos bastante particulares para Ju, que se identifica como pessoa trans não-binária (cuja identidade de gênero ou expressão de gênero não está limitada às definições de masculino ou feminino) e pansexual.

Em tempos em que a violência extermina muitas vidas que não se encaixam no padrão heteromormativo, é muito importante que existam vozes que defendam a liberdade de poder sermos quem quisermos.

Cantora, compositora, produtora, percussionista e até contadora de histórias (por que não?), Ju transitou por muitas linguagens artísticas até fincar suas raízes na música.

Você pode ouvir o som, parceria que tem Raissa Fayet e produção de Kastrup, logo abaixo.

LEIA TAMBÉM: Estrela de The Umbrella Academy e Juno, Elliot Page anuncia que é transgênero