Betina
Foto: Divulgação
 

Tabus costumam ser criados por meio de padrões morais e de convenções sociais impostas. Por conta disso, muitos jamais ousaram questioná-los. Um deles é o sexo, assunto pouco discutido, e cujas ocasionais discussões raramente se dão de forma natural.

A cantora Betina procurou explorar essa tema com a lenta e confessional “Cê Adora“. A canção descreve um momento de intimidade com alguém especial. É uma troca acalorada, permeada por um instrumental ao mesmo tempo sensual e tranquilizante. “Me mostra as possibilidades, que eu te mostro como eu gosto que me toque”, solicita a artista no refrão.

Sobre a letra, Betina comenta:

O processo que concebeu a ideia da música e clipe veio da vontade de trabalhar certos tabus que existiam em mim e que se espelham na sociedade. Recriar aquele momento mágico onde a gente se joga, se entrega e transcende os pudores e vergonhas.

Para este lançamento, ela ainda se aventurou na produção visual da música, o que deu origem a um belo clipe. Ao longo da sensual e surrealista adaptação, o vídeo destaca alguns termos presentes na letra, que ajudam a aprofundar a narrativa proposta. “Quente”, “lambida”, “slow motion” e “possibilidades” aparecem em tela com suas respectivas definições.

 

Cultura do “faça você mesmo”

O clipe nos mostra Betina recitando a letra da música, enquanto também ilustra, através de rosas e frutas, metáforas relacionadas ao toque e ao prazer. Sobre o processo criativo do clipe, ela conta:

Quando eu escrevo uma letra, naturalmente as imagens vêm à minha mente. Então, estender esse processo para a composição visual do projeto foi fácil. Usei algumas técnicas que aprendi na faculdade e juntei aos aprendizados dos cursos da quarentena e consegui chegar nesse lugar, que era exatamente o que eu imaginava.

Todo o processo de criação, por sinal, foi realizado por Betina, seguindo a cultura do “faça você mesmo”. Essa nova fase na carreira da cantora começou com a crítica “Onda Errada“, parceria com Dinho (Boogarins) lançada em Julho. Na ocasião, ela produziu um belo lyric video em formato de animação. “Cê Adora” mostra um avanço nesse processo imersivo dentro da própria produção musical, após o passo de se aventurar mais nas filmagens, editando, de fato, um clipe.

Estamos ansiosos por mais novidades!

 
Compartilhar