Rock In Rio
 

Roberta Medina tem se dedicado bastante ao Rock In Rio Lisboa, em Portugal, e participou de um Podcast da Blitz no país europeu para falar sobre diversos assuntos.

Por lá, comentou questões referentes à pandemia, corrupção, máscaras em festivais e muito mais.

Ao falar sobre como se surpreendeu com a principal cidade do país, por exemplo, ela afirmou:

Achei que ia chegar a uma Lisboa super envelhecida e desço do aeroporto pela Avenida Gago Coutinho e vejo uma rua igual a qualquer outra no Brasil. Falei: me enganaram.

Em outro momento, Medina falou a respeito de como a corrupção acabou deixando o Brasil polarizado, afirmando que não foi o Partido dos Trabalhadores ou o atual presidente, Jair Bolsonaro, que nos dividiu:

O que polarizou o Brasil não foi o Bolsonaro ou o PT. Foram décadas de corrupção.

Chegou a esse ponto de extremismo por causa da falta de condições em que muita gente vive. As pessoas estão cansadas. A corrupção apareceu nas capas dos jornais em dimensões grosseiras.

Máscaras no Rock In Rio

Por fim, Roberta foi questionada a respeito da possibilidade de máscaras serem obrigatórias em festivais e disse que não acha que isso irá acontecer.

Ela ainda expandiu:

Vai ser obrigatório usar máscaras dentro de um festival? Não acredito nisso.

O teste rápido pode ser uma super solução se a vacina ainda não tiver chegado a todas. Vamos ter de lidar com novas regras? Tranquilo.

O Rock In Rio Lisboa está pronto para o Plano A, Plano B e Plano C. Esse é um dos grandes talentos de quem trabalha com grandes eventos: ter uma série de cenários desenhados.

Vale lembrar que na mesma ocasião, como já havíamos publicado por aqui, Roberta Medina havia dito que não poderia afirmar se o Rock In Rio Lisboa irá acontecer mesmo no meio de 2021, como programado.

Segundo ela, há chances de 50%.

Ouça o Podcast logo abaixo.

 
Compartilhar