Reiner
Foto por Duda Santana
 

Reiner é um jovem músico de Belém, no Pará, que está mostrando um amadurecimento interessante da sua sonoridade.

Iniciando a carreira em 2016 com o EP Filho da Nuvem, ele vem trilhando um caminho inspirado ao misturar música eletrônica com elementos brasileiros e indie, em um resultado que pode ser muitíssimo bem percebido na inédita “Flor”.

Aqui, Reiner fala sobre os conflitos de uma relação monogâmica que amadurece e faz tudo isso através de uma construção repleta de conceito e grandes referências ao mesmo tempo em que tem apelo popular.

Inspirações de Reiner

E quando a gente fala de muito conceito e grandes referências, estamos falando de alguns dos maiores artistas de todos os tempos e também da atualidade.

Por exemplo, a metáfora da flor foi baseada em “Ave, Lúcifer”, dos Mutantes, e seu som tem elementos baseados em novas artistas mulheres que Reiner tem ouvido, como Bruna Mendez e Letrux.

As incríveis Ibeyi também tiveram influência aqui, bem como a talentosíssima artista britânica Sade.

Nova Fase

Reiner - Flor

Ao falar sobre o trabalho, o músico paraense deixa claro que está iniciando um novo processo, colocando “ponto final” em experimentos lo-fi pop e passando a procurar outros caminhos:

Posso dizer que tô numa fase de transição e também de regresso.

Vou voltar misturar coisas que tenho ouvido durante os 4 anos que tenho de carreira como o triphop, o lundu e o afrobeat que são sonoridades que me encantam muito e que não vejo a hora de colocar em prática tudo que venho ouvindo e fazer um EP/disco que expresse também tudo que venho aprendendo sobre colorismo, racismo, meritocracia…

Enfim, o Reiner de 2021 vai ser mais denso, dark e com a língua afiadíssima!

Você pode ouvir “Flor” na playlist oficial do TMDQA!, logo abaixo, e em todas as plataformas digitais!

Além disso, o clipe oficial está ao final do post. Recomendamos!

   
Compartilhar