Nando Reis compartilha 50 fatos sobre os Titãs
Reprodução / YouTube
 

O cantor e compositor Nando Reis já disponibilizou em seu canal do YouTube alguns vídeos relacionados à banda Titãs, da qual ele foi membro entre 1982 e 2002. Um dos vídeos foi inclusive sobre a história da canção “Bichos Escrotos”, um dos grandes sucessos do grupo.

Agora em Novembro, o multi-instrumentista publicou um vídeo com 50 fatos sobre os Titãs. Ele ainda informou que dependendo da resposta do público, pode gravar mais vídeos contando outras curiosidades.

Foi até uma delícia começar a fazer, foi um passeio na memória de todo caminho que percorremos juntos, parte importante da minha vida.

No vídeo, o cantor paulista compartilha histórias sobre como conheceu os outros integrantes da banda, a criação do grupo e a ideia do nome Titãs. Ele revela também os principais momentos e polêmicas vividas pelos músicos nos primeiros anos da trajetória da banda.

Separamos algumas curiosidades contadas por Nando que você pode conferir abaixo.

Nando Reis e os Titãs

Nando Reis disse que foi o primeiro baterista do Titãs. Ele explicou que chegou a fazer aulas de bateria, mas não era um especialista no instrumento e não tinha uma bateria em casa.

O cantor admitiu que logo no início do grupo ensaiava tocando em caixotes de papelão utilizando pincéis como baquetas.

Algo surpreendente foi o fato da banda ter recusado a primeira proposta de contrato feita pela gravadora Warner Music Brasil. Nando explica:

Sempre fez parte do projeto dos Titãs ir para uma gravadora, se apresentar na televisão e tocar na rádio. Então ficávamos gravando fitas demos para enviar para as gravadoras. Muitas não aceitaram, não se manifestaram, e a primeira que aceitou foi a Warner que fez uma proposta para gravarmos um compacto, que é um disco pequeno, que não aceitamos, porque a banda tinha cinco cantores e achávamos que o compacto não mostraria a característica da banda. Então recusamos.

Para que a banda continuasse ativa, Nando disse que eles se apresentavam em diversos espaços, inclusive casas de chás.

Sobre o primeiro show do Titãs no Rio de Janeiro, o compositor declarou que eles foram escalados para “uma noite infeliz”:

Em nosso primeiro show no Rio de Janeiro, no Circo Voador, fomos escalados para uma noite infeliz. Cazuza e Ezequiel Neves estavam lá, e quando cantamos ‘Sonífera Ilha’, maquiados e com roupas coloridas, foi uma puta vaia. Foi chocante, barra pesada, porque foi uma vaia estrondosa e lembro que depois que terminou o show o Cazuza foi falar com a gente: ‘pô, vocês são demais, não liguem para isso’.

Com relação a um dos momentos mais complicados da banda nesse início de carreira, Nando Reis falou sobre o período em que Arnaldo Antunes foi preso e condenado por tráfico de heroína.

Foi uma coisa bastante absurda. Ele ficou preso durante um mês aqui em São Paulo. Me lembro de ir visitá-lo. Isso foi uma tragédia pessoal e profissional. Todos os shows e programas de televisão marcados foram cancelados.

Ainda sobre esse episódio, o paulista diz ter uma enorme gratidão por Fausto Silva, que na época era apresentador do programa Perdidos na Noite e foi o único a receber a banda na Televisão.

Isso demonstrou uma solidariedade, compreensão e apoio inestimável pra gente. Sou fã do Fausto e nunca me esqueço disso.

Você pode conferir logo abaixo o vídeo completo com os 50 fatos e na sequência assistir ao especial do TMDQA! sobre o clássico Cabeça Dinossauro.

   
Compartilhar