Yoshiki
Divulgação
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

Quem conhece a música japonesa pelo menos minimamente certamente já ouviu falar de Yoshiki, considerado um dos mais lendários nomes do país asiático por seu trabalho com o X Japan e por seu pioneirismo em unir mundos outrora tão distantes como a música clássica e o Rock.

Elogiado por Gene Simmons (KISS), que já chegou a dizer que se o X Japan fosse de um país de língua inglesa eles teriam sido a maior banda do mundo, Yoshiki resolveu reunir grande parte de seus amigos em um especial cheio de desafios — afinal, conhecendo sua trajetória, não poderia ser diferente.

YOSHIKI: UNDER THE SKY ganhou seu primeiro teaser nesta sexta-feira (20) e mostrou uma prévia do que será uma espécie de documentário-show que contará um pouco dessa história e reunirá performances de Yoshiki ao lado de alguns de seus bons amigos da música.

Em coletiva de imprensa, o baterista, pianista e compositor revelou que além dos 11 nomes anunciados — Scorpions, Marilyn MansonSt. VincentNicole ScherzingerThe ChainsmokersSarah Brightman, Lindsey Stirling, SixTONES, Jane Zhang, SugizoHYDE — ainda há a possibilidade de entrada de mais algumas performances, e deixou claro que “é tudo pelos fãs”.

YOSHIKI: UNDER THE SKY

O especial faz parte de uma série do YouTube Originals e colocará o japonês ao lado de nomes como BTSJustin Bieber Paul McCartney entre os que já foram recrutados pela plataforma; o espetáculo terá sua estreia ao vivo no dia 23 de Dezembro, às 8h da manhã de Brasília, mas ficará disponível para replay depois.

O TMDQA! participou da coletiva da imprensa e fizemos três perguntas ao músico, as quais você confere logo abaixo. O teaser pode ser visto logo após a primeira resposta!

Entrevista com Yoshiki

TMDQA!: Oi, Yoshiki! Feliz aniversário! Que prazer estar falando com você. Estou bem empolgado para ver o resultado de UNDER THE SKY! Você tem uma carreira que é marcada pela revolução, tanto na música quanto pela sua capacidade de unir tantos mundos diferentes — Punk, Heavy Metal, música clássica e até moda, por exemplo — em tudo que você faz. Sinto que esse projeto é mais um exemplo disso, mas ao mesmo tempo me lembro de uma fala recente sua de que você ainda não sente que conseguiu realizar os sonhos do hide e do Taiji [ex-integrantes da banda falecidos, ambos de maneira trágica], que seria elevar o X Japan ao próximo nível. Você acha que está um passo mais perto agora com esse projeto?

Yoshiki: Ah, boa pergunta! Aliás, primeiramente obrigado pelos elogios, inclusive por reconhecer as contribuições na música clássica e no mundo da moda. Sim, eu me vejo como… sabe, eu venho pensando nisso, especialmente nesses últimos tempos, sabe? Qual o meu objetivo? O que eu busco? Algum tipo de sucesso financeiro? O que é isso, qual é esse objetivo? Me tornar o maior rockstar do mundo? Eu não sei. Então, como você mencionou, os sonhos de hide e Taiji…

Sabe, eu achei que eu seria quem morreria. Não quero falar sobre essas histórias pesadas no meu aniversário [risos] mas, sabe, até dentro da banda; todo mundo da banda achava que eu morreria primeiro, porque eu vivia a vida de uma maneira muito doida. Então, aí eu perdi o hide e o Taiji, e eu fiquei muito mal — eu me senti muito culpado, simplesmente por estar vivo.

Então, eu decidi que enquanto eu estiver vivo eu quero espalhar o legado deles. Nós ainda somos aquela banda de Rock do Japão — algumas pessoas podem nos conhecer, outras podem não nos conhecer. Nós não somos tão famosos assim, até onde eu sei. Então, enquanto eu estiver fazendo coisas, as pessoas vão descobrir o X Japan, entende? As pessoas vão descobrir o hide e o Taiji, quão incríveis eles eram.

Então, essa é meio que a minha missão. Em relação a elevar o X Japan a um novo nível, como líder da banda, eu não sinto que estou fazendo um bom trabalho. Mas esse próximo álbum vai contribuir para elevar o X Japan. E eu vou fazer qualquer coisa para elevar essa banda ao próximo nível. E por quê? Para espalhar o legado deles.

O que eu estou fazendo agora, esse YouTube Original, está contribuindo para isso? Eu acho que sim. Não sei se diretamente ao sucesso do X Japan, mas por conta disso, de todas essas incríveis colaborações, pode ser que as pessoas descubram quem é o X Japan e quem eram hide e Taiji, e não só eles, mas o Pata, o Heath, o Toshi, os membros atuais.

Então, sim, eu acho que estou contribuindo de uma maneira positiva. Acho que não é um atalho para nada, mas eu não acredito em atalhos de toda forma. Vamos pegar o caminho mais longo e eventualmente chegaremos lá.

TMDQA!: Com certeza! Olha, eu esqueci de falar antes, mas eu sou do Brasil e lembro de uma entrevista sua por aqui elogiando a paixão dos fãs brasileiros. Sei que estamos em um momento complicado mas… você pode dizer se há planos de retornar para tocar aqui quando possível?

Yoshiki: Ah, por favor diga olá para os fãs brasileiros! Eu tive momentos incríveis no Brasil, quando tocamos aí. Mas sim, sim! Eu me sinto muito grato que pessoas de todo lado do mundo nos curtem, e tem gente de todo lugar do mundo aqui nessa coletiva de imprensa — além de tudo ainda é meu aniversário, então obrigado por passar meu aniversário comigo. [risos]

TMDQA!: Eu é que agradeço o convite, Yoshiki! [risos] Bom, minha última pergunta é sobre a sua parceria com o HYDE, do L’arc˜en˜Ciel, que vai acontecer no especial do YouTube mas já rolou em “Red Swan”, a abertura mais recente do anime Attack on Titan. Como foi que rolou essa parceria? E, se você me permite a curiosidade, você curte Attack on Titan? [risos]

Yoshiki: [risos] Ah, cara! Por favor, né? Eu sou do Japão! Eu amo animes! [risos] Mas obrigado por perguntar, eu amo Attack on Titan. Foi uma honra ser parte desse anime. Tem um certo drama sobre essas questões de temas de anime, na verdade. Me convidaram para fazer uma música para One Piece alguns anos atrás, mas nunca rolou por conta de algumas tretas dentro da nossa banda — algumas pessoas dentro da banda estavam empolgadas, outras nem tanto. E eu sou um fã gigante de One Piece também, então naquele momento eu tive que recusar porque eu não poderia fazer se nem todos os membros da banda concordassem com isso.

Mas dessa vez eu recebi o convite para Attack on Titan e resolvi que faria sozinho, e acabou sendo Yoshiki com o HYDE. E foi meio de última hora. Eu perguntei para o HYDE… bom, pra falar a verdade, no começo eu pensei em fazer com o X Japan, talvez rolasse, não sei. Mas eu sou um grande fã do Attack on Titan e eu decidi que queria fazer isso, e aí eu aceitei e fiquei meio… “Ok, o que eu faço agora?”.

E eu estava jantando com o HYDE e perguntei isso pra ele, aí na conversa eu perguntei se ele não queria cantar, e ele disse que topava. E eu fiquei tipo, “Bom, a gente tem uns 3 dias pra fazer isso”, mas deu tudo certo.

TMDQA!: [risos] Que bom! É uma abertura sensacional, mesmo. Muito obrigado pelo seu tempo, Yoshiki, e curta seu aniversário por aí!

Yoshiki: Sim, eu fico feliz que tenha dado certo também. Me sinto muito grato. Obrigado pelas perguntas!

 
Compartilhar