Pink Floyd
Foto via Consequence of Sound
 

Com um dos catálogos mais impressionantes da história, é natural que o Pink Floyd tenha algumas faixas extremamente boas que acabaram esquecidas no meio de tantos sucessos.

Fazer justiça com essas canções é o objetivo de uma nova lista publicada pelo site Ultimate Classic Rock, que elegeu as músicas mais subestimadas de cada disco da banda e deu o devido destaque a canções como “Nobody Home”, uma favorita pessoa do The Wall para este que escreve.

É claro que em alguns casos até mesmo as músicas mais subestimadas são clássicos, como “Welcome to the Machine”, do Wish You Were Here, mas é natural que isso aconteça dentro de discos tão icônicos como os dos britânicos.

Você pode conferir a lista com explicações na íntegra em inglês por este link, ou ver somente as canções escolhidas logo abaixo.

As músicas mais subestimadas de cada disco do Pink Floyd

  1. “The Gnome” (The Piper at the Gates of Dawn, 1967)
  2. “Remember a Day” (A Saucerful of Secrets, 1968)
  3. “Cymbaline” (More, 1969)
  4. “The Narrow Way, Part I” (Ummagumma, 1969)
  5. “If” (Atom Heart Mother, 1970)
  6. “Echoes” (Meddle, 1971)
  7. “The Gold It’s in the…” (Obscured by Clouds, 1972)
  8. “Any Colour You Like” (The Dark Side of the Moon, 1973)
  9. “Welcome to the Machine” (Wish You Were Here, 1975)
  10. “Pigs (Three Different Ones)” (Animals, 1977)
  11. “Nobody Home” (The Wall, 1979)
  12. “The Gunner’s Dream” (The Final Cut, 1983)
  13. “Sorrow” (A Momentary Lapse of Reason, 1987)
  14. “Poles Apart” (The Division Bell, 1994)

   
Compartilhar