Guitar Center
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

O Guitar Center, uma das maiores redes americanas de lojas de instrumentos, acaba de anunciar seu pedido de falência.

O rumor de que isso aconteceria surgiu em Outubro, já que a empresa está enfrentando enormes dívidas. Agora, a loja pediu a “falência de capítulo 11”, e pode reduzir sua dívida em até U$ 800 milhões se o pedido for aceito. De acordo com a empresa, essa é a “melhor opção para retornar a uma trajetória de crescimento anterior à COVID-19”.

A Guitar Center ainda reforça que todos os seus compromissos financeiros com funcionários e parceiros serão cumpridos normalmente.

O acordo foi feito com o investidor da empresa, o fundo privado Ares Management, que entrou na jogada em 2014. A rede também recebeu apoio dos investidores Brigade Capital Management e do fundo The Carlyle Group, além de outros credores.

Em comunicado, o CEO Ron Japinga declarou (via CoS):

Hoje anunciamos um passo muito importante e positivo para garantir a solidez financeira de longo prazo da Guitar Center. Este acordo nos permitirá reduzir significativamente nossa dívida e reinvestir em nosso negócio para melhor servir nossos clientes e cumprir nossa missão de colocar mais música no mundo. Com dez trimestres consecutivos de crescimento antes do impacto do COVID-19, estamos satisfeitos com nosso desempenho financeiro resiliente durante esses tempos desafiadores criados pela pandemia.

A rede tem mais de 290 lojas nos Estados Unidos, e é uma das mais procuradas por músicos do mundo inteiro. Tomara que dê tudo certo!

LEIA TAMBÉM: Com novo disco, AC/DC quer que jovens voltem às guitarras

 
Compartilhar