Lars Ulrich fala sobre doações do Metallica
 

O baterista Lars Ulrich afirmou que acredita que shows em grande escala, em estádios ou arenas, não voltarão a acontecer em menos de um ano.

Em entrevista recente à CNBC (via NME), o integrante do Metallica se mostrou bastante pé no chão com a situação da pandemia ao redor do mundo:

A última coisa que vai acontecer é um grande show, com 20 mil pessoas numa arena ou 50 mil pessoas num estádio.

Ele ainda afirmou que, infelizmente, todo nós teremos que lidar com isso por enquanto.

Metallica

Sobre as apresentações transmitidas ao vivo de um drive-in que o grupo chegou a fazer, Ulrich afirmou que elas foram um sucesso, mas que não são uma opção viável para o Metallica a longo prazo:

Não acho que seja algo que você possa fazer com muita frequência.

O baterista revelou que acha o formato desgastante e que esse tipo de evento só deveria acontecer em situações pontuais.

Para finalizar, Lars Ulrich afirmou que acredita que, infelizmente, a espera pela volta à normalidade vai ser grande, apostando em, no mínimo, em uma rotina parecida como a de antes a partir do terceiro trimestre do próximo ano.

LEIA TAMBÉM: Metallica adia shows no Brasil para, “esperançosamente”, o final de 2021

   
Compartilhar