Brian May (Queen)
Foto via Wikimedia Commons
 

O guitarrista Brian May revelou que era desafiador trabalhar com Freddie Mercury todos os dias no palco.

Segundo ele, em entrevista ao Talk Radio (via Blabber Mouth), o vocalista do Queen era um cara muito imprevisível.

Apesar disso, ele rasga elogios ao companheiro de banda:

Desafiador e sempre divertido. Ele era um cara muito imprevisível, mas maravilhoso de se trabalhar.

May ainda contou que Freddie Mercury sabia para onde direcionar sua energia e que os dois criaram uma conexão e sintonia muito especial desde o início.

Ele também afirmou durante a entrevista que o frontman da banda tinha uma habilidade incrível de usar seu talento.

Queen

Questionado sobre a icônica apresentação no Live Aid, em 1985, Brian May diz que foi incrível reviver o “principal destaque da carreira” no filme Bohemian Rhapsody, de 2018:

Foi tão estranho reviver todo o show para o filme recentemente. Eles recriaram tudo de forma tão incrivelmente fiel. Estar no set de gravações me deu arrepios na espinha; todas as lembranças voltaram novamente.

E na época, não sabíamos que aquilo se tornaria algo histórico, de verdade. Nós saímos do palco pensando, ‘Bem, até que foi legal.’ Mas não percebemos que o show deixaria uma marca tão grande. Porque ele meio que entrou pra eternidade, não entrou?

Ô se entrou!

Por Felipe Tellis e Tony Aiex

   
Compartilhar