System Of A Down 2020
Créditos: Clemente Ruiz, Ralf Velazquez
 

Quem acompanha o System of a Down sabe que os últimos tempos — bom, os últimos 15 anos, na verdade — não têm sido de relacionamentos fáceis dentro da banda.

Mais recentemente, as tensões ganharam outro nível quando o baterista John Dolmayan passou a declarar seu apoio público a Donald Trump e foi acusado de reproduzir discursos de ódio e fake news, além de ir contra as crenças do vocalista Serj Tankian, declaradamente apoiador da esquerda política.

Em meio a isso, Daron Malakian seguia firme com o Scars on Broadway e ausente dessas discussões, enquanto o baixista Shavo Odadjian lançou recentemente um projeto que disse “não ficar na esquerda nem na direita”.

Justamente por toda essa situação, fomos todos pegos de surpresa quando o quarteto lançou suas primeiras novas músicas em 15 anos nos últimos dias, e parece que o responsável por isso foi justamente aquele que muitos encaram como vilão neste momento, John Dolmayan.

Segundo Odadjian em uma entrevista à FOX (via Blabbermouth), o baterista mandou uma mensagem sugerindo essa reunião e todos acataram a ideia para apoiar a Armênia, que vive uma situação desesperadora na região de Artsakh:

Ele escreveu e disse que nós precisávamos colocar tudo para trás e fazer algo. Nós precisamos ser parte disso. Nós precisamos ajudar de qualquer forma que pudermos. Isso, isso é maior do que nós, maior do que nossas emoções, maior do que nossos sentimentos, maior do que nossos egos. Vamos nessa. E logo na hora, o Daron respondeu com ‘aqui, eu tenho algo que pode poupar tempo’.

Nós temos estado juntos no sentido de, nós fizemos turnês juntos, tocamos shows juntos, ficamos de rolê juntos, fomos almoçar, fomos jantar. Nós somos amigos, sabe o que estou dizendo? Somos todos amigos. É só, a gente não tem chegado lá criativamente juntos. Então quando nós chegamos lá, de cara a tensão era um pouco alta porque nós não sabíamos como todo mundo estaria, mas cerca de cinco minutos depois, nós estávamos conversando, rindo, falando sobre a música, como ia ser, como vamos ajudar e o que isso vai fazer pelo nosso povo. Essa é a coisa número um, o que isso vai fazer para ajudar, como vai ajudar nosso povo. Porque eu sinto que é meio como um cavalo de Troia, sabe, é tipo, nós estamos entrando ali e o mundo vai ouvir porque já se passaram 15 anos sem fazermos nada.

Na conversa, o próprio Serj Tankian também aproveitou para deixar muito claro que o objetivo é dar visibilidade à “catástrofe humanitária perpetrada pelo Azerbaijão e pela Turquia” e arrecadar fundos, já que a banda “está doando todos seus lucros para o Armenia Fund”.

Novas músicas do System of a Down

Vale lembrar que nenhuma das duas novas e elogiadas canções foi efetivamente escrita agora.

Segundo as informações divulgadas, “Protect the Land” foi originalmente escrita por Daron Malakian para o Scars on Broadway, enquanto “Genocidal Humanoidz” surgiu em uma das jams do SOAD há alguns anos e foi abandonada porque Serj Tankian, na época, não queria se comprometer a fazer um disco cheio.

Será que teremos mais surpresas nos próximos tempos?