Sacha Baron Cohen como Borat em 2006
Foto de Borat via Shutterstock
Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

Sacha Baron Cohen, o Borat, está bastante feliz com a derrota de Donald Trump… mas quer ainda mais.

Agora, o ator tem como “próximo alvo” o empresário Mark Zuckerberg, criador do Facebook, a quem já teceu várias críticas. Em uma publicação no Twitter, Cohen publicou uma foto de Zuckerberg e Trump juntos, dizendo:

Um já foi, falta o outro.

Em 2019, Sacha chegou a chamar o Facebook de “a maior máquina de propaganda da história”. Já este ano, o ator acrescentou:

[A plataforma é] um megafone com o qual os piores autocratas da história só poderiam sonhar. Seu algoritmo amplifica deliberadamente o conteúdo que gera mais engajamento… Não é de surpreender que, na maioria dos dias, os dez principais posts do Facebook são, em sua maioria, de especialistas e veículos de direita.

Será que isso está perto de acontecer?