Vanusa
 

A icônica cantora Vanusa nos deixou nesta madrugada de domingo (8), vítima de uma insuficiência respiratória durante a madrugada.

Aos 73 anos de idade, a artista morava há mais de dois anos em uma casa de repouso em Santos, no litoral de São Paulo, e não resistiu às complicações da insuficiência. Segundo a família, ela vinha lidando com problemas de saúde devido à depressão e os problemas que acompanhavam o uso excessivo de medicamentos tarja preta.

Ela chegou a ser internada em Setembro justamente por problemas respiratórios, mas conseguiu voltar à casa de repouso depois de mais de 30 dias no hospital. Vanusa deixa três filhos — RafaelAmanda Aretha — e o primeiro, inclusive, explicou que ela também lidava com estágio avançado de demência.

Vanusa

A cantora brasileira fez muito sucesso entre os Anos 60 e 70, primeiramente com o grupo humorístico Os Adoráveis Trapalhões e depois com a Jovem Guarda. Eventualmente, seguiu carreira solo e nos presenteou com alguns de seus maiores hits, como “Mudanças” e “Sonhos de Um Palhaço”, até estourar de vez com “Manhãs de Setembro” em 1973.

Ela voltou a ficar em voga em 2009, quando viralizou depois de uma apresentação na Assembleia Legislativa de São Paulo em que errou a letra do hino nacional. O episódio, considerado hilário por muitos, foi descrito por ela alguns anos depois como “a gota d’água” para desencadear um processo depressivo.

Que descanse em paz.

   
Compartilhar