The Network
 

Em 2003 uma misteriosa banda chamada The Network lançou seu primeiro e único disco, chamado Money Money 2020.

Todos os integrantes do grupo usavam máscaras e nomes como Fink, Van Gough, Balducci e Z, deixando as pessoas com uma pulga atrás da orelha para saber quem eram os músicos por trás daqueles sons.

Acontece que o mistério não durou muito, já que o álbum foi lançado pela Adeline Records, gravadora de Billie Joe Armstrong (Green Day) e os vocais do grupo soam bastante como os do músico e os do baixista Mike Dirnt.

Além disso, quando vieram os shows, ficou bem claro que as características físicas dos integrantes do Green Day batiam com o The Network; ainda completava a banda o “quarto membro” do trio verde, o guitarrista Jason White.

Volta do The Network?

Pois agora uma conta no Instagram chamada @thenetwork publicou seu primeiro post através de um vídeo dizendo que o grupo está de volta, e jogando na cara de todo mundo que “nós estamos certos e você está errado”.

Isso porque na temática do álbum, que tem “2020” logo no nome, aparece o caos social, a tecnologia tomando conta das coisas, comportamentos superficiais e mais. Ou seja, o The Network previu que esse fatídico ano seria pra lá de bizarro.

Assim como fez lá em 2003, o Green Day está negando tudo, e Billie Joe usou a sua conta no Instagram para, nos Stories, dizer mil vezes que “The Network não é Green Day”, inclusive postando prints de comentários de fãs dizendo isso.

Só que parece que tudo é uma negação de brincadeira, e com a pandemia, faria todo sentido do mundo que os membros do Green Day utilizassem o tempo de afastamento para dar sequência ao projeto, ainda mais que ele tem “2020” no nome.

Aguardemos!

Logo abaixo você fica com o vídeo do The Network e o disco da aventura new wave dos punk rockers californianos pra ouvir bem alto, com direito a uma cover de “Teenagers From Mars”, do Misfits.

 

Ver essa foto no Instagram

 

The Network were formed in the year 2003, fulfilling an ancient prophecy predicting that we, its chosen members, would issue a stern warning to mankind in the form of music. Released as the album titled Money Money 2020 we shined the headlights upon the follies and vanity of man kind. Rapidly achieving fame and fortune, we had often been mistaken as the planets greatest rock ‘n’ roll band Green Day. This earthly comparison is almost as comical as the humans that inhabit this dying planet! A Time Machine & The Church of Lushotology… After our mercurial rise and the foundation of the Church of Lushotology. We have seen riches beyond imagination, thus we abandoned the doldrums of stardom and focused our efforts on time travel and the salvation of things beyond the human grasp! Within our travels through both time and space we have seen the futures foretold in the prophecy, and it is both disastrous and hilarious! Beyond these interstellar crossroads lie parallel dimensions where the oxymorons can create their own destiny! Choose wisely, for the devolution of man has always been a choice. The release of “Money Money 2020 Part II” will serve as the final lesson! Within the binary codes of this album exist the keys to our past, present, and future DNA! The Gods are laughing & it’s up to you to prove them wrong… You’re welcome… The Network The Church of Lushotology is in session and it’s time to drink up!

Uma publicação compartilhada por The Network (@thenetwork) em

 
 
Compartilhar